header top bar

section content

Apesar da dura oposição, Rafael reconhece o “bom” do governo Carlos Antônio

Parece que nem tudo está perdido no meio de tanta desavença política em Cajazeiras. Carlos Rafael, considerado por muitos como o vereador que realiza a oposição mais dura ao seu xará, o prefeito...

Por

06/11/2008 às 18h03

Parece que nem tudo está perdido no meio de tanta desavença política em Cajazeiras. Surpreendentemente, Carlos Rafael, considerado por muitos como o vereador que realiza a oposição mais dura ao seu xará, o prefeito Carlos Antonio, se rendeu, por alguns instantes, às obras realizadas pelo democrata em seus oito anos de poder.

Em entrevista à nossa reportagem, o vereador e agora vice-prefeito eleito de Cajazeiras, confessou: “o que tinha de mostrar de bom e positivo, esse governo já fez”.

Mas, como até dia 1º de Janeiro, Carlos Rafael ainda é oposição, logo não demorou para que ele complementasse seu raciocínio, desta vez de maneira não tão delicada. “No apagar das luzes, vir com propostas, com idéias e projetos, sem ouvir o prefeito eleito, o vice, a comissão de transição é, no mínimo, desrespeitar a democracia”.

Detonando
Nesta terça-feira (04), o vereador fez um discurso inflamado na Câmara Municipal, criticando e, em determinados momentos, satirizando alguns requerimentos de leis enviados por Carlos Antonio para serem votados até o fim de seu mandato.

Sob os olhares de uma platéia agitada, de alguns companheiros de chapa, como os vereadores Severino Dantas e Chagas Amaro, e do presidente da Câmara, Marcos Barros, Rafael chegou a dizer que chegará um dia em que o prefeito enviará um requerimento pedindo que a cidade de Cajazeiras seja dada de presente a ele.

Da redação do Diário do Sertão

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada