header top bar

section content

Catador de lixo de Cajazeiras viraliza nas redes sociais como MC; ‘Famoso’ pede chance para sair do lixão

O jeito alegre e irreverente ajuda a quebrar um pouco o preconceito que ainda existe em relação à profissão de catadores de lixo.

Por Jocivan Pinheiro

22/02/2016 às 16h53 • atualizado em 23/02/2016 às 11h04

Após aparecer cantando funk em uma matéria especial que a TV Diário do Sertão fez sobre os catadores de lixo de Cajazeiras, o jovem José Marcos (27), que gosta de ser chamado de MC Marcos, fez sucesso nas redes sociais (VEJA AQUI).

MC Marcos diz que funk é uma forma de protesto pela situação social do país

Catador de lixo e MC, Marcos afirma que funk é uma forma de protesto pela situação social do país

O jeito alegre e irreverente ajuda a quebrar um pouco o preconceito que ainda existe em relação à profissão de catadores de lixo, ou catadores de materiais recicláveis, como alguns preferem chamar.

Devido à repercussão da matéria, nossa equipe resolveu voltar ao lixão de Cajazeiras e convidar o MC Marcos para conhecer os estúdios da TV Diário do Sertão e contar um pouco mais sobre sua vida.

Apaixonado por funk e fã do MC Daleste, Marcos lamenta não ter mais a chance de conhecer o ídolo, que foi assassinado em julho de 2013 durante um show em São Paulo. Mas na música ela ainda alimenta outros sonhos, como o de ser cantor profissional e dar uma vida melhor à sua família.

“Hoje eu vivo no lixo porque não achei ninguém pra me ajudar. Lá eu tenho meu ganha-pão. Se aparecer um patrocinador que possa tirar eu de lá, é uma bênção que eu peço.”

Emocionado, ele conta que ficou surpreso ao ser procurado pela equipe da TV Diário do Sertão e vislumbrou aí uma oportunidade para mostrar seu talento. “Eu estou sem palavras, todo arrepiado. Todo dia eu durmo e acordo pensando nisso”, ressalta.

MC Marcos leva música e irreverência ao dia-a-dia dos catadores de lixo de Cajazeiras

.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como