header top bar

section content

Primeiro caso confirmado: Morre jovem formada em Letras vítima de ‘Gripe Suína’

A vítima estava internada no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande

Por Luzia de Sousa

06/04/2016 às 14h25 • atualizado em 06/04/2016 às 15h43

A jovem Mirla Farias de Pereira, 25 anos, morreu nesta terça-feira (5), com o primeiro caso de H1N1 confirmado em Campina Grande, no Agreste paraibano. A Secretaria de Saúde do Município confirmou que esta é a primeira morte provocada pela gripe na 3ª região de saúde.

A vítima estava internada no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande, desde o dia 7 de março, apesar do tratamento, não resistiu.

A jovem morava em Campina Grande e era graduada do curso de Letras da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Ainda segundo a 3ª região de saúde, dos 12 casos notificados na região de Campina Grande, dois foram confirmados – entre eles o da paciente que morreu nesta terça-feira – e outros 10 aguardam o resultado de exames.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES), até a manhã desta terça-feira, havia sido notificados oito óbitos com suspeita de H1N1 na Paraíba. Um deles já foi descartado (João Pessoa) e os demais seguiam em investigação (um em Puxinanã, outro em Campina Grande, um em Camalaú e quatro em João Pessoa) com amostras no Instituto Evandro Chagas.

Até o último dia 29, a Paraíba havia contabilizado sete casos confirmados da gripe H1N1. De acordo com a SES, a campanha de vacinação deste ano só deve começar no dia 30 deste mês.

DIÁRIO DO SERTÃO com PB Debate

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan