header top bar

section content

Presidente do SINFUMC considera governo Temer uma ‘tragédia’, e diz que vai lutar

Elinete Lourenço prevê um governo de massacre aos movimentos sociais e às conquistas dos trabalhadores e minorias oprimidas

Por Jocivan Pinheiro

13/05/2016 às 16h49 • atualizado em 13/05/2016 às 16h51

O governo Temer está sendo considerado por grande parte dos sindicatos uma grande ameaça às conquistas sociais dos últimos anos. Para alguns, é até mais do que uma ameaça, é uma tragédia.

É assim que pensa a presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), Elinete Lourenço, uma das principais bandeiras das lutas sociais na Paraíba.

VEJA MAIS

» SINFUMC pode estar próximo de resolver salários atrasados de Carlos Antônio e Carlos Rafael

» Presidente da CDL de Cajazeiras está pessimista com governo ‘meramente político’ de Temer

Elinete prevê um governo de massacre aos movimentos sociais e às conquistas dos trabalhadores e minorias oprimidas. Por isso, segundo ela, a luta deve se intensificar, e não será diferente em Cajazeiras.

Elinete avisa que o SINFUMC está preparado para promover diversos atos na cidade.

“Eu tenho várias críticas ao governo [de Dilma], como qualquer cidadão, mas eu quero que meu voto seja respeitado. Não é um grupo de deputados que vai retirar esse direito. Isso eu não aguento e nem concordo. Mas nós estamos vivos, fortes e com coragem para lutar”, disse a sindicalista.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe