header top bar

section content

Polícia prende homem suspeito de participar de homicídio e outros crimes na zona rural

Eles vão responder pelo crime de homicídio e o Washington também por porte ilegal de arma de fogo. Os dois serão encaminhados para unidades prisionais do Estado.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

11/07/2016 às 11h13

Ainda de acordo com a polícia, além deste crime, Washington Evangelista dos Santos é apontado como o “Terror de Livramento”

O trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, por meio Núcleo de Homicídios da 5ª Delegacia Seccional, com sede em Santa Rita, realizou na madrugada do último sábado (9) uma operação policial no distrito de Livramento, zona rural da cidade, que culminou na prisão de Washington Evangelista dos Santos, de 28 anos. Ele é apontado como executor do homicídio que vitimou o agricultor Manoel da Penha Lino, 40, que foi morto com três tiros na cabeça quando já estava com os pés e mãos amarrados. O crime aconteceu no mês de abril deste ano.

Durante a operação, também foi presa por força de um mandado de prisão preventiva, cumprido no município de Cabedelo, Elza Maria dos Santos Silva, de 62 anos, ex-companheira da vítima. Segundo as investigações, Elza teria sido a mandante do crime, uma vez que Manoel estaria mantendo um relacionamento amoroso com sua nora e, por esse motivo, estava planejando romper sua relação com a então esposa.

Ainda de acordo com a polícia, além deste crime, Washington Evangelista dos Santos é apontado como o “Terror de Livramento”, tendo seu nome associado a diversos homicídios na localidade. Ele é suspeito também de tráfico de drogas e de extorsão contra os pequenos comerciantes da localidade, que eram obrigados a lhe fornecer comida e bebida mediante ameaças.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, as informações obtidas por meio do número 197 – Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) foram fundamentais para o êxito da operação policial. “Recebemos vários informes da população, o que nos ajudou a localizar os suspeitos e ainda conseguir cumprir os mandados de prisão preventiva. Uma arma de fogo ainda foi apreendida”, disse a autoridade policial.

Os presos prestaram depoimento na sede da Delegacia de Santa Rita e seguirão nesta segunda-feira (11) para a audiência de custódia. Eles vão responder pelo crime de homicídio e o Washington também por porte ilegal de arma de fogo.  Os dois serão encaminhados para unidades prisionais do Estado.

Secom

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’