header top bar

section content

Alunas de Escola Estadual da Paraíba estão na final da Olimpíada Nacional

Nesta oportunidade, eles se conhecem e se confraternizam com estudantes e professores de História de todos os Estados do Brasil

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/07/2016 às 13h44 • atualizado em 12/07/2016 às 20h15

8ª Edição das Olimpíadas Nacional de História

Três alunas do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Estudante Rebeca Cristina, foram classificadas como finalistas da 8ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil. Dentre mais de 10.600 equipes de todo o Brasil, entre escolas públicas estaduais, municipais, privadas e institutos federais de todo o país, as meninas ficaram na posição 275. A final será realizada nos dias 20 e 21 de agosto, em Campinas, São Paulo.

O nome da equipe finalista é “As Elizabeths”, escolhido em homenagem a Elizabeth Teixeira, líder das Ligas Camponesas da cidade de Sapé. Compõem a equipe, as estudantes Eunice Rachel, Samantha Duarte e Alice Soares. Elas tentam desde o ano de 2012 esta classificação inédita para o Estado. Para isso, se empenharam com muita força de vontade, determinação e perseverança, até que, neste ano, conseguiram. A luta, agora, é pela conquista da medalha de ouro. 

A Olimpíada Nacional em História do Brasil começou em 2009 e tem sido um grande sucesso entre alunos e professores de todo o país. Elaborada pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), esta iniciativa firmou-se no cenário educacional como uma proposta inovadora de estudo consistente de História.

A Olimpíada é realizada por equipes compostas por quatro pessoas: três estudantes (8º e 9º anos do ensino fundamental e qualquer ano do ensino médio) e o professor de História da escola. As cinco fases online duram uma semana cada uma e as respostas são obtidas pelos participantes por meio do debate com os colegas de equipe, pesquisa em livros, internet e com os professores.

Desde a primeira edição existe uma fase final para, no mínimo, 800 finalistas, que vão até a Universidade Estadual de Campinas onde realizam uma prova dissertativa e aguardam o resultado e entrega de medalhas logo no dia seguinte. Nesta oportunidade, eles se conhecem e se confraternizam com estudantes e professores de História de todos os Estados do Brasil.

Secom

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o professor Sérgio Cunha divulgando o IV Open paraibano de Karatê; Confira!

CASA NOVA

Locutor esportivo troca de emissora de rádio em Cajazeiras e revela mágoa: “Tomei uma pancada violenta”

NOVIDADES

VÍDEO: Novo padre da Paróquia São João Bosco confirma que pretende revitalizar a Praça Camilo de Holanda

AO VIVO NA TV

BOMBA! Ator cajazeirense revela que foi estuprado quando era coroinha de igreja: “Fui pra missa chorando” – ASSISTA!