header top bar

section content

Servidores de Cajazeiras param atividades, e sindicato encaminha pautas a José Aldemir

Segundo a presidente do SINFUMC, Elinete Lourenço, pelo menos 80% dos servidores aderiram à paralisação em Cajazeiras

Por Jocivan Pinheiro

05/10/2016 às 13h49 • atualizado em 05/10/2016 às 13h53

Durante reunião que aconteceu nesta quarta-feira (05) na sede do SINFUMC (Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Cajazeiras), grande parte dos servidores aderiu à paralisação nacional convocada pelas principais centrais sindicais do país. De acordo com os sindicalistas, o protesto é em defesa da democracia e contra algumas Propostas de Emenda à Constituição (PEC) que estariam retirando dos trabalhadores direitos conquistados após anos de luta.

VEJA TAMBÉM: Presidente do SINFUMC considera governo Temer uma tragédia e diz que vai lutar

Servidores em reunião na sede do SINFUMC

Servidores em reunião na sede do SINFUMC

Segundo a presidente do SINFUMC, Elinete Lourenço, pelo menos 80% dos servidores aderiram à paralisação em Cajazeiras. Elinete defende a paralisação como forma de ajudar também o Município e o Estado e não apenas o servidor individualmente. Para ela, o presidente Michel Temer (PMDB) quer acabar com os direitos dos trabalhadores.

“É uma paralisação justa. Nós estamos defendendo o Estado e o Município. Quem mais se prejudica com congelamento de parcelas de dinheiro, de tudo isso que está acontecendo aí, dessas PEC’s, é o serviço municipal, são os servidores municipais e estaduais. Então nós estamos atentos a isso e vamos defender nossos direitos. Direito não se reduz, se conquista, se amplia, e nós entendemos que Temer está querendo acabar com todos os nossos direitos”.

Além da paralisação, ficou deliberado na reunião que o SINFUMC vai encaminhar nos próximos dias um documento com todas as pautas do sindicato para o prefeito eleito José Aldemir Meireles (PP) para que o próximo governo municipal já tenha conhecimento das reivindicações da categoria e abra diálogo.

“Eu acho que os prefeitos têm muito a nos agradecer porque somos nós que vamos pra rua, que paralisamos, que fazemos a essência da coisa, porque sem isso as coisas não iriam acontecer”, ressalta Elinete.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan