header top bar

section content

Sem chuva, plantações são afetadas e flores para Finados passa de R$ 3 para R$ 10. Veja

A falta de chuva trouxe consequência para essas plantações, fazendo com que os preços aumentassem

Por Estagiário

01/11/2016 às 05h30 • atualizado em 01/11/2016 às 07h15

Neste mês de novembro, um dia é dedicado aos finados, e muitos comerciantes que trabalham com flores aproveitam o período para ganhar um dinheiro a mais, só que a falta de chuva trouxe consequência para essas plantações, fazendo com que os preços aumentassem.

O empresário Marcelo Nascimento é dono da plantação na comunidade Gruta Funda, na Zona Rural de Lagoa Seca. “Eu acho que aqui só tem 20% da plantação que a gente faz todo ano”, afirmou Marcelo.

As plantações de flores da comunidade contrastam com o cenário de seca, a falta de chuva prejudicou as plantações e o que restou é irrigado com água de poço artesiano.

O poço que irriga a plantação produz cerca de dois mil litros d’água por hora. Atualmente, ele é a única fonte de água depois que a barragem secou. Ele se prepara para colher as flores no ultimo dia desse mês. Elas serão vendidas nas feiras de flores de dez cidades paraibanas.

“Graças a Deus, nós estamos satisfeitos que fizemos as plantações com água de poço e estamos vendendo muito. Eu achei que era só milagre”, declarou ele.

A irmã de Marcelo já separou parte das flores para o túmulo da mãe deles que morreu há cinco anos. “Quando chega às vésperas separamos logo as flores brancas e mais novas”, disse Josefa Nascimento.

Devido à seca, eles disseram que vão colher menos e em decorrência, o preço das flores devem aumentar para o dia de finados.

“Ano passado nós vendíamos as flores a R$ 3, já esse ano é de seis reais para frente, podendo chegar até R$ 10”, relatou Marcelo.

DIÁRIO DO SERTÃO com vídeo do G1PB

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor