header top bar

section content

Cemitérios de CZ são preparados para o Dia de Finados; saiba a programação – VÍDEO

Nesta quarta-feira (02), milhares de pessoas estarão visitando os cemitérios de Cajazeiras para prestar homenagens aos mortos no feriado

Por Jocivan Pinheiro

01/11/2016 às 15h24 • atualizado em 01/11/2016 às 15h27

Nesta terça-feira que antecede o Dia de Finados, os cemitérios de Cajazeiras já estão sendo preparados para um dia inteiro de visitas de familiares e amigos de entes queridos que já faleceram. Como é tradição, às vésperas do feriado os jazigos recebem reformas e acabamentos, muitas vezes feitos pelos próprios parentes.

Dona Francisca limpa os jazigos duas vezes por mês

Dona Francisca limpa os jazigos duas vezes por mês

É o caso da aposentada Francisca Teixeira, de 72 anos. Só que ela não espera apenas pelo Dia de Finados para dar um capricho a mais no local onde foram sepultados alguns familiares. Dona Francisca visita e limpa os jazigos pelo menos duas vezes por mês.

“Muita gente vem de ano em ano, mas eu venho de quinze em quinze dias fazer uma faxina. Venho com muito orgulho limpar, varrer, lavar o túmulo da minha mãe, meu esposo e meus irmãos.”

.

VEJA TAMBÉM

Visitar entes queridos no Dia de Finados renova as forças, diz padre

⇒ Pastor diz que não se pode visitar túmulos: “Os vivos é que precisam de oração”

No cemitério Coração de Maria, o mais antigo da cidade, localizado no Centro, os fiéis católicos poderão participar da missa de finados a partir das 7 horas da manhã. Já no cemitério Nossa Senhora Aparecida, no Jardim Oásis, a missa acontece às 8 horas da manhã.

Tradição medieval

Homem recupera inscrições no túmulo do pai

Homem pinta inscrições no túmulo do pai

Nesta quarta-feira, milhões de pessoas estarão visitando os cemitérios de todo o Brasil para prestar homenagens aos mortos no feriado de Dia de Finados. A prática é considerada um dos mais importantes rituais religiosos da tradição cristã católica e acontece desde a Idade Média.

Neste dia os visitantes depositam flores nos jazigos e mausoléus dos seus entes queridos e rezam pelas suas almas, já que, de acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão ela necessita de orações dos vivos para que intercedam junto a Deus pelo sofrimento que a aflige. Por isso, o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de Todas as Almas”.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!