Cidades
11/11/2016 às 18h16 • atualizado em 12/11/2016 às 13h31

postado por: Jocivan Pinheiro

Apoiado pela prefeita, povo vai as rua de Bonito de Santa Fé contra PEC 55; Em CZ também houve protesto

Em Cajazeiras também houve manifestação de estudantes, professores, grupos sociais e sindicalistas contra a PEC 55 nesta sexta-feira (11)

Várias cidades do Alto Sertão paraibano aderiram à paralisação nacional desta sexta-feira (11) e as suas populações realizaram manifestações nas ruas contra a PEC 55 que propõe congelar os investimentos públicos do Governo Federal por 20 anos. Bonito de Santa foi uma delas.

Multidão se concentra em frente ao palco no Centro de Bonito de Santa Fé (Foto: Fred Lacerda)

Multidão se concentra em frente ao palco no Centro de Bonito de Santa Fé (Foto: Fred Lacerda)

Apoiados pela prefeita Alderi Caju (PMDB) e pelo prefeito eleito Chico Pereira (PSB), centenas de manifestantes tomaram as ruas de Bonito com cartazes e palavras de ordem contra a emenda chamada por muitos de ‘PEC da maldade’ e ‘PEC do fim do mundo’.

Vestidos de preto, eles saíram em passeata até um palco armado no Centro, onde políticos, gestores e sindicalistas fizeram seus discursos. A prefeita Alderi Caju destacou o apoio da administração municipal às manifestações e disse que as consequências da PEC atingem também os prefeitos.

“A gente está vendo que o povo está preocupado, se mobilizou, foi à rua, e a Prefeitura Municipal de Bonito de Santa Fé dá todo apoio a esse movimento porque quem sente, quem recebe as cobranças é o prefeito. O povo não vai procurar o presidente da República, vai procurar o prefeito”, declarou.

Já o prefeito eleito Chico Pereira se surpreendeu com o grande número de pessoas na manifestação e, apesar de demonstrar pessimismo quanto a não aprovação da PEC, garante que o povo vai resistir e lutar.

“Nós esperávamos que tivesse uma boa participação, mas não tanto quanto. Foi uma manifestação positiva e contribuiu para o movimento nacional. A tendência é que essa PEC  seja aprovada. Mas isso não significa dizer que ela vai cair na prática sem a resistência do povo. Eu acredito que o povo não vai tolerar tamanho absurdo do Governo Federal.”

Em Cajazeiras também houve manifestação contra a PEC 55 na manhã desta sexta. Estudantes, professores, membros de grupos sociais e sindicalistas caminharam pelas ruas do Centro mostrando cartazes, cantando e entoando palavras de protesto e resistência. O ato parou na Avenida Coronel Juvêncio Carneiro, uma das principais do Centro da cidade.

Protesto em Bonito de Santa Fé (Fotos: Fred Lacerda)

.

Protesto em Cajazeiras (Fotos: Israel Lázaro / Diário do Sertão)

.

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe seu comentário