header top bar

section content

Juízes e promotores irão realizar mobilização em Fóruns contra a impunidade e corrupção. CONFIRA AQUI!

A mobilização na Paraíba acompanhará uma série de ações por todo país por entidades representativas do Ministério Público e do Poder Judiciário

Por Estagiário

01/12/2016 às 08h57 • atualizado em 01/12/2016 às 16h56

Nesta quinta-feira (1), a Associação dos Magistrados da Paraíba unida com a Associação Paraibana do Ministério Público (APMP) se mobilizaram contra o andamento de projetos no Congresso Nacional que aprova julgar juízes e promotores por abuso de autoridade. Segundo os magistrados, essa medida fragiliza e prejudica toda a sociedade brasileira.

A mobilização acontecerá das 11h às 12h nos Fóruns de Sousa, Patos, Guarabira, Campina Grande e João Pessoa (Fórum Cível). Já no interior do Estado, a mobilização ocorrerá das 11h às 12h. E das 14h às 15h nas comarcas de João Pessoa e Campina Grande.

A juíza Aparecida Gadelha se mostra preocupada com a classe dos magistrados e as tentativas de desconstrução do Poder Judiciário

“Estamos passando por um momento grave e não podemos nos omitir. Por isso, vamos nos unir à mobilização nacional para encorpar esta luta contra a tentativa de inibir o trabalho da magistratura”, declarou a presidente da AMPB, juíza Aparecida Gadelha.

O ato na Paraíba acompanhará uma série de ações por todo país por entidades representativas do Ministério Público e do Poder Judiciário.

DIÁRIO DO SERTÃO

SAIBA QUEM É!

Novo apresentador da TV Diário do Sertão dá detalhes do seu programa e revela que o convidado da estreia será ‘bombástico’ – VÍDEO!

ENTREVISTA

No Caldeirão Político, secretário revela bastidores da campanha que levou Zé Aldemir à histórica vitória contra grupo de Carlos – VÍDEO!

SOLIDARIEDADE

Campanha busca arrecadar recursos para construir sede de associação que cuida de idosos; saiba como contribuir – VÍDEO!

TRANSPARÊNCIA

Reeleito, presidente da câmara de vereadores de Bonito de Sta. Fé faz presta contas dos seus trabalhos a frente do poder legislativo