header top bar

section content

Secretária de S. José de Piranhas nega que empresários estejam ganhando Bolsa Família

Necy Rodrigues respondeu às declarações do vereador Mylano Araújo (PSB), feitas durante discurso na Câmara Municipal

Por Jocivan Pinheiro

05/02/2017 às 16h13 • atualizado em 05/02/2017 às 19h47

Secretária adjunta de Ação Social de São José de Piranhas, Necy Rodrigues

Em contato com nossa reportagem, a secretária adjunta de Ação Social de São José de Piranhas, Necy Rodrigues, que também é responsável pelo programa Bolsa Família no município, respondeu às declarações do vereador Mylano Araújo (PSB), feitas durante discurso na Câmara Municipal, afirmando que entre os beneficiários do Bolsa Família em São José de Piranhas havia pessoas que não precisavam do recurso e deram informações falsas para entrarem no cadastro; pessoas com emprego fixo, com CNPJ e aposentados.

VEJA: Vereador denuncia professor, policial e até empresário com Bolsa Família na região de Cajazeiras

Necy negou essas informações e explicou que foram, sim, identificados alguns beneficiários que já não estavam mais dentro do perfil exigido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA). No entanto eram pessoas simples que conseguiram adquirir aumento de renda suficiente para deixar de receber a Bolsa, não famílias abastadas.

Ela conta que muitas famílias pobres aumentam a renda, saem do perfil exigido pelo programa, mas não vão fazer o desligamento do Cadastro Único, por isso os ‘pentes finos’ são necessários.

– O Ministério Público Federal está fazendo a averiguação e orientando os municípios como fazer. A gente fez de 2013 a 2016 e só foram comprovadas trinta e poucas famílias, mas não eram de empresários, eram assalariados, não tinha esse pessoal professor, policial, empresário, não tinha essas categorias, não. Tem alguns beneficiários que adquirem alguma renda, mas não vão lá se desligar – justifica a secretária.

Em uma rede social, o vereador se pronunciou sobre o caso dizendo que ele e seus colegas parlamentares vêm alertando sobre as supostas irregularidades no Bolsa Família desde 2013, e que agora o resultado das denúncias está aparecendo após fiscalização do Governo Federal. Mas ele reconhece que após os ‘pentes-finos’, o programa está “funcionando muito bem” no município.

Postagem do vereador na internet

Postagem do vereador na internet

DIÁRIO DO SERTÃO

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’