header top bar

section content

LUTO: Cajazeirense morre após parada cardíaca; Ele reclamava de dores no peito

Ele era muito conhecido e foi um dos garçons que trabalhou no sodalício Cajazeiras Tênis Clube.

Por Luzia de Sousa

13/02/2017 às 15h51 • atualizado em 15/02/2017 às 07h48

Cajazeirense morre no HRC (Foto: Click CZ)

Faleceu por volta 13h45min desta segunda-feira (13), no Hospital Regional de Cajazeiras, o garçom mais conhecido do município, o irreverente Assis Batista, 81 anos, mais conhecido por Corrozinho.

+ Após garoto quase morrer por picada de cobra, radialista revela por que CZ não tem soro antiofídico

Idoso se sentiu mal em sua residência e foi socorrido para Unidade de Pronto Atendimento com reclamando de dores no peito esquerdo.

Corrozinho foi transferido para o HRC, sofreu uma parada cárdica e a equipe tentou reanimar o cajazeirense por meia hora, porém, sem êxito, evoluindo para o óbito.

Ele era muito conhecido e foi um dos garçons que trabalhou no sodalício Cajazeiras Tênis Clube.

O garçom foi o escolhido para ser homenageado pelo Bloco Cafuçu este ano, que tradicionalmente relembra história de cajazeirenses irreverentes vivos, que se destacam no município. No ano passado o bloco homenageou Maria Pereira.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan