header top bar

section content

É SOLIDARIEDADE: Faça chuva faça sol, cajazeirenses saem para matar fome, doar roupas e cobertores aos moradores de rua da cidade; Eles clamam apoio às autoridades

Incomodado com a situação das pessoas abandonadas, casal decidiu colher doações em forma de alimentos e distribuir

Por Jocivan Pinheiro

20/02/2017 às 14h23 • atualizado em 20/02/2017 às 18h22

Uma equipe de paroquianos da Paróquia Sagrada Família iniciou há um ano um projeto para tentar amenizar a situação dos moradores de rua de Cajazeiras e ao mesmo tempo chamar a atenção das autoridades públicas para esse problema social cada vez maior na cidade.

Incomodado com a situação das pessoas que vivem abandonadas e sem lar, o casal Francisco Walter e Adriana Pereira decidiu ajudar de alguma forma, e a ideia foi colher doações em forma de alimentos e roupas e distribuir para os mendigos.

Alguns dos paroquianos envolvidos no projeto

Para isso, o casal conta com a ajuda de vários outros paroquianos da Sagrada Família. A entrega das doações aos moradores de rua acontece no fim de semana. Francisco e Adriana querem também chamar a atenção das autoridades públicas para a necessidade de programas sociais voltados para essas pessoas, e que possibilitem pelo menos a adequação de um albergue com comida.

– Cajazeiras é uma cidade tão grande e não tem um albergue. Hoje está chovendo e não tem onde eles se abrigarem, um lugar onde eles cheguem, tomem aquela sopa quentinha e vão se agasalhar. Então, por enquanto o que a gente pode fazer é isso, e sonhar – diz Adriana.

– Muitas vezes as pessoas estão nessa situação por falta de apoio. Na nossa cidade tem pessoas capazes de ajudar melhor que nós. A gente ajuda e acha que é pouco, mas estamos fazendo nossa parte – ressalta Francisco.

Quem quiser ajudar o projeto, pode entrar em contato com Adriana, que é secretária da Paróquia Sagrada Família, pelo telefone (83) 9 9308-1953. Ou entregar na própria igreja, que fica no bairro Jardim Oásis, em frente ao IFPB.

Durante chuva neste domingo, moradores de rua se abrigaram na ‘rodoviária velha’

DIÁRIO DO SERTÃO

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares