header top bar

section content

Cajazeirenses relatam experiência com Lula e Dilma em Monteiro: “Nos deu mais força”

Cajazeirenses encararam quase 290 km para prestigiarem a inauguração popular do eixo leste da transposição do Rio São Fransciso

Por Jocivan Pinheiro

21/03/2017 às 18h54 • atualizado em 21/03/2017 às 19h01

Uns dizem que eram cerca de 50 mil pessoas. Outros apostam em bem mais do que isso. ‘Contagens’ à parte, o fato é que a cidade de Monteiro, no Cariri paraibano, nunca havia recebido tanta gente de fora numa tarde de domingo sem que o evento atraente fosse um show musical. O evento em questão era a visita do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma, acompanhados de uma grande comitiva de aliados políticos, artistas e sindicalistas, para a ‘festa’ de inauguração popular do eixo leste da transposição das águas do Rio São Francisco.

“Peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é pra ganhar”, diz Lula na Paraíba

Lula, Dilma e o governador da PB, Ricardo Coutinho, chegam a Monteiro acompanhados por multidão

Os hoteis e pousadas de Monteiro e cidades vizinhas estavam lotados desde o dia anterior. Militantes do PT, grupos sociais, eleitores e simpatizantes dos ex-presidentes vieram de todas as partes da Paraíba e estados vizinhos. Alguns até tomaram banho nas águas transpostas do Rio São Francisco. Depois lotaram a praça principal no centro da cidade para acompanharem os discursos que deram ao evento um clima de ‘comício’ eleitoral.

Moradores tomam banho nos canais do eixo leste da transposição antes da chegada de Lula e Dilma

Entre os paraibanos haviam vários cajazeirenses que encararam quase 290 km até Monteiro. O desenhista Nonato Saraiva, conhecido militante socialista da cidade, cumpriu esse itinerário para ver de perto os ex-presidentes e outras celebridades artísticas e políticas. Para ele, a experiência serviu como prova de que Lula ainda é a maior força política do Brasil.

“A gente queria testar isso. A gente queria saber até que ponto essa investida [dos adversários políticos] estava afetando o povo daqui. A nossa briga nas redes sociais vai continuar mais forte ainda, porque o que a gente viu na região de Monteiro só nos deu mais força para a gente continuar ainda mais na luta”, disse o desenhista.

Nonato Saraiva (à esquerda) esteve na inauguração popular da transposição

Nonato é um dos que engrossa o coro de que o ‘pai’ da transposição é o ex-presidente Lula e a mãe é a ex-presidente Dilma: “Foi uma tapa na cara para acabar de vez com essa história de quem é pai do quê. Todo mundo sabe que se não fosse Lula e Dilma a transposição não saía. A gente não pode aceitar de forma alguma que quem foi contra uma obra dessa magnitude, que trabalhou para que isso não acontecesse, venha tirar foto com o canal.”

O ator Edilson Dias também se impressionou com a manifestação popular e teme que haja retaliação do Governo Federal na conclusão da obra no Eixo Leste, no Alto Sertão.

“Desde a usurpação do estado pleno de direito democrático nesse país, que as manifestações não tinham tamanha expressão, uma manifestação esplendida, espontânea. Espero que não tenhamos o revide, porque o estabelecido talvez não se dê bem com o ocorrido, e que não venha a ser obstaculado o caminho do eixo que nos contempla aqui no Rio Piranhas e que não apareça qualquer outro embate.”

Multidão acompanha discursos na praça central de Monteiro

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!