header top bar

section content

Chuva recarrega principais açudes no Sertão, mas volume ainda preocupa; previsão diz que nos próximos dias o volume poderá aumentar

Os dois principais açudes do Sertão ainda estão em estado de alerta, pois não passaram da marca de 20% do seu volume total

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

17/04/2017 às 10h49 • atualizado em 17/04/2017 às 16h50

Açude Estevam Marinho em Coremas (Foto: Diário do Sertão / Zildo Vicente)

Devido as poucas chuvas registradas até a última quarta-feira (12) no Sertão da Paraíba, dois dos principais açudes da região acumularam recargas.

Apesar de não ser o suficiente, os açudes de Coremas e Mãe d’Água, receberam juntos mais de 16 milhões de metros cúbicos (m³) de água. Os dois principais açudes do Sertão ainda estão em estado de alerta, pois não passaram da marca de 20% do seu volume total.

Segundo os dados da AESA, o açude de Mãe d’Água estava com 27,1 milhões de m³, e passou a ter a marca de 30,8 milhões de m³, e o açude de Coremas estava com 30,1 milhões de m³ e agora tem 42,7 milhões de m³.

Para o estudioso Rodrigo Cézar Limeira, mesmo com o manancial recebendo água, e devendo aumentar seu volume nos próximos dias, sua recarga não será de boa qualidade, tendo em vista que o consumo mensal do açude, chega a atingir 16 milhões de m³ de água por mês.

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!