header top bar

section content

BOMBA! Ministério Público recomenda que prefeito de Sousa suspenda venda de ingressos e devolva dinheiro dos foliões; gestor pode responder por improbidade administrativa. Confira aqui!

Caso o gestor descumpra a recomendação do Ministério Público, ele poderá responder por crime de responsabilidade e improbidade administrativa. Confira aqui!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

21/06/2017 às 09h19 • atualizado em 21/06/2017 às 11h06

Área VIP estava vazia na abertura do São João de Sousa (foto: DS)

A polêmica envolvendo a área VIP do São João de Sousa continua e o promotor de justiça do Ministério Público Estadual, Valfredo Alves Teixeira, recomendou que o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB) suspenda a venda de ingressos no evento. O documento foi divulgado nesta terça-feira (21) na página pessoal do Facebook do promotor.

De acordo com Valfredo, o gestor também terá que devolver os valores já arrecadados das pessoas que adquiriram os ingressos. Segundo o promotor o palco montado deve ser destinado a pessoas deficientes e maiores de 60 anos.

Veja também:

Vereador sousense divulga vídeo nas redes e faz desabafo sobre área VIP de São João

Comentarista político diz que área VIP do São João de Sousa é a “área do 40”

Caso o gestor descumpra a recomendação do MP, poderá responder por crime de responsabilidade e improbidade administrativa.

Confira abaixo:

Documento divulgado no Facebook do promotor de Justiça (foto: reprodução)

DIÁRIO DO SERTÃO

PROCESSO DE MIGRAÇÃO

Diretor regional na Paraíba tira todas as dúvidas sobre abertura de novas contas dos servidores estaduais no Bradesco

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview