header top bar

section content

VÍDEO! Manifestação pelo fim da violência contra a mulher reúne centenas de pessoas na cidade de Sousa

De acordo com a delegada, Yvna Cordeiro, só neste ano de 2017 foram instaurados 120 inquéritos de violência contra a mulher

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

24/11/2017 às 14h38 • atualizado em 26/11/2017 às 10h07

A delegacia da Mulher na cidade de Sousa em parceria com a Prefeitura Municipal de Sousa e outros órgãos, realizaram uma manifestação às 8h desta sexta-feira (24) sobre os “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

VEJA MAIS NOTÍCIAS DE SOUSA

O evento contou com a presença de centenas de pessoas que seguiram em caminhada pelas ruas até chegar ao Calçadão, no centro da cidade. Os participantes usaram faixas e cartazes com frases durante a manifestação. Os vereadores Cacá Gadelha (PMDB), Radamés Estrela (PDT) e Bruna Veras (PROS) também estiveram presentes no protesto.

Em entrevista ao Diário do Sertão, a delegada da mulher, Yvna Cordeiro, afirmou que o objetivo do evento foi mostrar a população de Sousa que a rede de proteção funciona e a delegacia está de portas abertas para receber todas as mulheres vítimas da violência.

Ainda de acordo com a delegada, só neste ano de 2017 foram instaurados 120 inquéritos de violência contra a mulher, além de 130 medidas protetivas solicitadas pelas vítimas.

A Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres é uma mobilização anual, praticada simultaneamente por diversos atores da sociedade civil e poder público engajados nesse enfrentamento.

Veja fotos:



DIÁRIO DO SERTÃO

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Saiba como descobrir sua vocação profissional e ser bem-sucedido da universidade ao trabalho

NO PROGRAMA OLHO VIVO

VÍDEO: Com doença grave, homem faz apelo à 9ª Regional de Saúde em Cajazeiras por medicamento atrasado

QUATRO DIAS DE EVENTOS

VÍDEO: Secretário convida população para o Arte Agosto, que começa hoje em Cajazeiras; veja programação!

DIA 20 DE SETEMBRO

VÍDEO: Professor pede que o povo fique de olho em quem vem só ‘vender o peixe’ no debate de Cajazeiras