header top bar

section content

VÍDEO: Com paródia de Luiz Gonzaga, servidores de Ipaumirim protestam por salários: “2018 será um caos”

Segundo a presidente do sindicato, prefeito alega não ter recursos para pagar os salários, mas teria inchado a folha do município com centenas de contratações

Por Jocivan Pinheiro

23/12/2017 às 16h48 • atualizado em 23/12/2017 às 16h51

Na manhã deste sábado (23), o Sindicato dos Servidores de Ipaumirim-CE (SINSERMI) realizou manifestações em frente à sua sede e em seguida nas ruas da cidade para cobrar do prefeito o pagamento do salário de novembro.

No centro comercial eles empunharam faixas, cartazes, distribuíram panfletos e uma carta pública endereçada à população e ao prefeito detalhando a situação da categoria.

Segundo a presidente do sindicato, Terezinha Gonçalves, 50% dos servidores ainda não receberam novembro. Ela diz que o prefeito alega não ter recursos para pagar, mas teria inchado a folha do município com contratações.

“É verdade que há uma diminuição na receita, mas é imprescindível que se diga que a má gestão é clara. Quando o prefeito assumiu, sabia da dificuldade que ia ter para administrar, mas mesmo assim ele insistiu em contratar, em nomear centenas de cargos, dificultando que ele cumprisse seu compromisso com a categoria dos servidores.”

Servidores se mobilizam em frente à sede do sindicato

Ainda de acordo com a líder do sindicato, o prefeito teria prometido pagar novembro com recursos de dezembro, só que isso implica em um efeito dominó de atrasos salariais que vai se estender para 2018.

“A nossa luta e a atuação do Ministério Público têm feito a diferença, mas é inadmissível que hoje a maioria dos servidores nunca tenham passado por situação semelhante que é, em pleno Natal, sem ter recebido o salário de novembro. Iremos entrar 2018 com o caos instalado no nosso município.”

CEARÁ 1

PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras