header top bar

section content

Homem espalha cartazes em busca de namorada na Paraíba e diz: “Quero ser feliz”

Em menos de 48 horas, José Pereira conta que já recebeu seis propostas de 'pretendentes'.

Por Luzia de Sousa

06/01/2018 às 13h01 • atualizado em 06/01/2018 às 13h02

Solteiro há dois anos, José Pereira usou cartazes em busca de namorada (Foto: Ana Cristina/Arquivo Pessoal)

Preciso de uma companheira com idade até 40 anos. Não bebo e nem fumo. Procuro ser feliz e fazer quem tá comigo feliz”. Essa é a mensagem deixada pelo aposentado José Pereira do Nascimento, 65 anos, em cartazes espalhados pelo Centro de Campina Grande. Solteiro há dois anos, ele tenta encontrar um novo amor.

Morador do município de Massaranduba, no Agreste paraibano, cidade vizinha a Campina Grande, o aposentado espalhou as mensagens com a ajuda de uma das filhas. Os cartazes começaram a ser colados na quarta-feira (3) e, em menos de 48 horas, o aposentado conta que já recebeu seis propostas de pretendentes das cidades de Campina Grande, João Pessoa e Monteiro, além de várias ligações.

“A ideia surgiu porque eu sinto falta de uma companheira, uma dona de casa comigo, alguém que pertença a Deus. Eu já fui casado, me divorciei, tive alguns relacionamentos, mas estou solteiro há dois anos. Tenho duas filhas maravilhosas. Quero alguém que também precise de mim como companheiro”, conta o aposentado.

Para tentar encontrar uma nova namorada José Pereira contou com a ajuda de uma filha que fez os cartazes e colou em paredes pelo Centro de Campina Grande. A foto do cartaz também foi espalhada nas redes sociais, aumentado o sucesso da iniciativa. Agora o telefone não para de tocar.

José Pereira do Nascimento espalhou cartazes por cidada para buscar nova namorada (Foto: Ana Cristina/Arquivo Pessoal)

“É gente ligando direto. De João Pessoa, Monteiro, Campina Grande… A gente tem conversado primeiro por telefone pra ir se conhecendo, antes de marcar encontro”, conta ele.

A filha do aposentado, Ana Cristina, disse que não esperava que pai fosse ter essa atitude. “Fiquei surpresa, né? Mas é o que ele quer”, disse ela. O aposentado destacou que não esperava que tantas pessoas fossem ligar. “Tem hora que eu pensei até em desligar o celular. Não para”, disse ele.

PORTAL DIÁRIO com G1

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula