header top bar

section content

Estudioso afirma que a maioria dos grandes açudes do semiárido devem armazenar pouca água em 2018

A situação que vem mantendo a tendência desde 2012, quando teve início a atual crise hídrica no semiárido.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

08/01/2018 às 14h41

Açude de São Gonçalo está com menos de 13% de sua capacidade total (Foto: Diário do Sertão)

Com a ocorrência uma La Niña fraca atualmente e com tendência de continuar fraca nos próximos meses, e de condições térmicas desfavoráveis do Oceano Atlântico Sul na altura da costa do Nordeste, a previsão do físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, é de que a ” maioria dos grandes açudes que abastecem cidades do semiárido dos estados da Paraíba, e alguns estados vizinhos como o Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e porção central do Piauí armazenem pouca água em 2018″.

A previsão do estudioso reflete a perspectiva de chuvas variando de normais a abaixo da média em 2018 nas citadas áreas.

O pesquisador pontua que tanto em anos que chove normal, quanto em anos que chove abaixo da média, a maioria dos grandes reservatórios do semiárido dos estados mencionados armazena pouca água, ou tem pouca recarga hídrica. Situação que vem mantendo a tendência desde 2012, quando teve início a atual crise hídrica no semiárido.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO

Coordenador da Energisa garante melhoria e dá dicas sobre ‘queda’ de raios durante o período de inverno

ENTREVISTA

No Xeque-Mate, corretor avalia que Cajazeiras é melhor do que Sousa para investir no mercado imobiliário

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os membros da Associação dos ciclistas de Cajazeiras e região; Confira!

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”