header top bar

section content

UFCG divulga nota de repúdio após foto polêmica de universitários do curso de direito de Sousa

A Direção do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais/Universidade Federal de Campina Grande/Campus Sousa, enviou nota à imprensa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/04/2018 às 15h41 • atualizado em 16/04/2018 às 16h05

Foto polêmica gerou revolta nas redes sociais (foto: reprodução/Facebook)

Continua repercutindo uma publicação feita por um aluno da UFCG de Sousa em sua rede social foi alvo de duras críticas e posicionamentos enérgicos por parte dos militantes dos movimentos em prol da erradicação da violência contra a mulher.

Na imagem o grupo de amigos faz um sinal que foi interpretado como sendo de apologia ao estupro.

Os alunos se mostraram bastante arrependidos, uma vez que jamais haviam se envolvido em eventos dessa natureza, esclareceram que nunca tiveram a intenção de causar tal situação e pediram desculpas publicamente a sociedade de em geral e as instituições envolvidas.

Veja também: estudantes de direito de Sousa se retratam após foto polêmica publicada nas redes sociais

A Direção do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais/Universidade Federal de Campina Grande/Campus Sousa, enviou nota à imprensa lamentando o episódio:

NOTA
A Direção do Centro de Ciências Jurídicas e Sociais/Universidade Federal de Campina Grande/Campus Sousa, diante do lamentável episódio de exposição em rede social de uma foto indevidamente feita e publicada por alunos do curso de Direito deste Centro, vem, de público e expressamente, registrar que repudia qualquer tipo de comportamento ofensivo à ética e aos valores morais ensinados nesta respeitável Instituição de Ensino e defendidos cotidianamente por todos aqueles que a integram, bem como sustentados por toda a área jurídica, em qualquer plano de atuação. Por esse motivo, esclarece que o fato será devidamente apurado, adotando-se, oportunamente, para aqueles que realizaram os atos reprováveis, as medidas administrativas que se aplicam ao caso, conforme preceituam as normas constitucionais e institucionais.

Sousa-PB, 16 de abril de 2018.

Jônica Marques Coura Aragão

Diretora do CCJS/UFCG

DIÁRIO DO SERTÃO

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras

ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio