header top bar

section content

Médico é investigado pela polícia por suposta negligência em caso de garoto com suspeita de meningite no Sertão

O adolescente teria dado entrada no hospital com suspeita de meningite gravíssima, mas o médico teria negado a sua internação

Por

07/02/2016 às 16h33

Garoto sendo transferido de São Bento para Patos pelo SAMU (Foto: São Bento Online)

O atendimento a um adolescente de 14 anos no Hospital Infantil Noaldo Leite, na cidade de Patos, virou caso de polícia.

O adolescente foi transferido de São Bento para Patos na última quinta-feira (4) e teria dado entrada no referido hospital com suspeita de meningite, mas o médico que teria recebido o caso não quis internar o paciente, segundo denúncia de familiares e relatos da equipe do SAMU que fez a transferência.

Por causa da suposta negligência médica, o caso está sendo investigado pelo delegado Galdêncio Neto, da Delegacia de Polícia Civil de Patos.

O adolescente foi levado a Patos por uma equipe do SAMU por determinação de um médico do município de São Bento, que teria entrado em contato com o hospital de Patos e garantido a internação.

Relatos da equipe do SAMU dão conta de que a peregrinação com o garoto para interná-lo começou por volta das 15h e só veio ser encerrada às 20h30, com o recebimento do paciente depois que a Polícia Militar e o delegado da Polícia Civil foram acionados. Houve, inclusive, bate-boca entre familiares do garoto e funcionários do hospital.

Flávia Fernandes, tia do adolescente, disse que o médico do hospital de Patos chegou a presenciar a criança tendo convulsões dentro da ambulância e o desespero da equipe do SAMU e da família, porém ignorou o fato, e isso teria revoltado os policiais e até a própria equipe do hospital.

O diretor médico do Hospital Infantil Noaldo Leite disse que o caso está sendo acompanhado com cautela, mas tomará todas as providências necessárias se a negligência for comprovada.

Familiares pedem orações

Desde que foi internado, o adolescente já teve 8 paradas cardíacas e se encontra na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital em estado considerado gravíssimo, correndo sério risco de morte.

Flávia Fernandes disse que a família não para de rezar pela recuperação do garoto, e pede que a população faça o mesmo. Bastante abalada, ela lembra que o sobrinho era um menino saudável até ser acometido pela doença.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do São Bento Online

AO VIVO

Assista a programa da TV Diário do Sertão – AO VIVO

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Sheyla e Nelson Dantas

A FAVOR DA REFORMA

Empresário diz que Justiça do Trabalho só penalizava os patrões e chama a CLT de ‘excrescência jurídica’

DA REGIÃO DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Do assassinato do pai ao sucesso na política, prefeito conta trajetória de superação no Interview