header top bar

section content

Prefeitos voltam atrás e reduzem contribuição dos municípios para construção do IML em Cajazeiras

A segunda reunião da AMASP para definir as contribuições que cada município vai dar no projeto teve mais adesões na manhã desta segunda (14)

Por

14/12/2015 às 15h45

A segunda reunião realizada pela AMASP (Associação dos Municípios do Alto Sertão Paraibano) para definir as contribuições que cada município vai dar no projeto de construção do IML de Cajazeiras teve mais adesões na manhã desta segunda-feira (14).

Desta vez a prefeita de Joca Claudino, Lucrécia Adriana, e os prefeitos de Triunfo, Damísio Mangueira, e São João do Rio do Peixe, Airton Pires, estiveram no encontro. Faltaram apenas as prefeitas de Bonito de Santa Fé, Alderi Cajú, e de Monte Horebe, Cláudia Dias.

Mas apesar das adesões desses municípios, as negociações com eles não foram fáceis. Alegando extrema dificuldade financeira, a prefeita de Joca Claudino e os prefeitos de Triunfo, Carrapateira e São João do Rio do Peixe disseram que não têm condições de doar 5% do FPM de janeiro, como havia sido combinado na última reunião.

Após longa conversa, um acordo foi fechado. Cada um dos 15 municípios da região não vão mais doar 5%, mas sim 3% do FPM de janeiro, e parcelado em 12 vezes.

Veja mais:

► Câmara de Triunfo se reúne e decide doar grande quantidade de dinheiro para campanha do IML

► Prefeitos se reúnem e anunciam contribuição para construção do IML de Cajazeiras

O prefeito de Santa Helena e presidente da AMASP, Emanuel Messias, valoriza a importância financeira dos 3% que cada município vai doar: “Não tenho dúvida que esses 3% vão fazer valer uma grande ajuda para o IML. Não só a parte financeira, mas a parte que cabe a cada gestor. A união faz a força. Então daqui para frente, com nós todos juntos, esse tão sonhado desejo a população vai receber”, ressaltou.

Já o prefeito de Triunfo, Damísio Mangueira, discorda. Para ele, a constribuição é apenas simbólica. A obra tem que ser assumida pelos governos estadual e federal. “Eu entendo que seja mais um ato político. Não é 3% de municípios pobres como esses que vão realizar uma obra de grande vulto como essa. Mas aderi como Triunfo fazendo parte de um grupo de municípios que estão imbuídos no propósito de sensibilizar as autoridades competentes para isso”, comentou.

A prefeita de Joca Claudino, Lucrécia Adriana, enfatizou a crise econômica pela qual passam os municípios, mas garantiu que, além da contribuição financeira, estará à disposição para ajudar de outras formas. “Eu estou aqui como representante do povo de Joca Claudino, mas também como cidadã dessa região. Realmente é uma obra imprescindível. Estamos passando por uma situação financeira na qual a gente não pode investir, mas você ali lutando fortalece muito a causa.”

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’