header top bar

section content

Crianças trabalham com os pais catando lixo pelas ruas de Sousa: “As vezes falta comida em casa”. Assista aqui

Alguns catadores de lixo já estão há mais de 15 anos trabalhando com coleta de material reciclável. Essa é a única fonte de renda para garantir o alimento

Por

08/12/2015 às 10h17

O encerramento do lixão no município de Sousa deixou muitas catadores de lixo sem emprego, porém, sempre é possível encontrá-los em cachorroças de burro pelas ruas da cidade. A rotina é pesada e muitas crianças ajudam na coleta de material reciclável.

Em entrevista à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, a catadora de lixo, Kátia Linhares da Silva, revelou que desde criança trabalha no ramo de coleta de material reciclável e que apesar do forte sol, trabalha diariamente para garantir o alimento dos três filhos.

"Saio de casa às 5h da manhã e chego às 11h para fazer o almoço. Quando o sol esfria eu volto para as ruas de novo. Tem que trabalhar, é melhor do que roubar o que é dos outros", disse ela.

Já de acordo com o catador de lixo Francisco José da Silva, ele está há mais de 15 anos trabalhando com coleta de material reciclável, e que as vezes falta comida em casa.

"O pessoa ajuda a gente com comida, e as vezes quando eu acho carne no lixo também levo para casa para comer com minha família", disse.

DIÁRIO DO SERTÃO 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula