header top bar

section content

Prefeito da região de CZ pode não pagar mais dentro do mês e alega ‘culpa da Dilma’

Roberto Baima, prefeito de Bom Jesus, insinuou que é provável que a partir de dezembro não seja mais possível pagar dentro do mês

Por

03/12/2015 às 20h44

Durante todo o ano de 2015 a administração municipal de Bom Jesus foi elogiada por ser uma das poucas que, mesmo com a crise, conseguiam pagar os salários dos servidores dentro do mês trabalhado. Mas essa obrigação – que por causa da crise passou a ser quase uma regalia – pode estar prestes a não mais acontecer.

Em conversa com a TV Diário do Sertão, o prefeito Roberto Baima explicou que conseguia pagar dentro do mês porque adotou um modelo de gestão que preza pelo corte de gastos excessivos e pela economia e não espera apenas pelo FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

“Isso tudo é resquício do começo da gestão. Eu entrei pegado com as duas mãos no freio e fiz uma economia durante os seis primeiros meses que me deu suporte para que eu pudesse nem sempre estar esperando pelo aporte financeiro que é o FPM", contou.

No entanto, esse gás financeiro do município está se esgotando e é provável que a partir de dezembro já não seja mais possível pagar dentro do mês. Baima culpou principalmente a presidenta Dilma pela crise.

“A gente muitas vezes pagava porque tinha o recurso em caixa reservado, mas infelizmente a Dilma não está administrando nada, está um barco à deriva, e hoje a gente já não passa bons momentos”, ressaltou.

Segundo ele, para pagar a folha de novembro dentro do mês trabalhado foi preciso fazer um último sacrifício “raspando o fundo do tacho” e deixando outras obrigações pendentes.

“A gente já pagou a folha do mês de novembro dentro do mês trabalhado, mas pagamos raspando o fundo do tacho e não deu para pagar, por exemplo, posto de gasolina e algumas coisas de fornecedores.”

DIÁRIO DO SERTÃO

'AULÃO SOLIDÁRIO'

VÍDEO: Ordem DeMolay de Cajazeiras promove aulão gratuito preparatório para o ENEM; veja como participar

ENTRETENIMENTO

Maria Calado na TV com os integrantes do espetáculo “Trinca mas não quebra” e o cantor Lucas Soares

ALÍVIO

VÍDEO: Presidente da OAB de Cajazeiras afirma que a Comarca de Bonito de Santa Fé não será mais fechada

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis