header top bar

section content

Na frente: Carlos Frederico vence primeiro debate na TV para presidência da OAB PB

O advogado Carlos Frederico Nóbrega Farias venceu com folga o primeiro debate na televisão.

Por

07/11/2015 às 12h58

Carlos Frederico vence primeiro debate na TV

O advogado Carlos Frederico Nóbrega Farias venceu com folga o primeiro debate na televisão entre os candidatos a presidente da OAB-PB, segundo opinião de internautas que acompanharam o debate da TV Master nessa sexta-feira (6).

Na opinião de vários deles, houve um verdadeiro massacre do candidato da chapa 2, Carlos Frederico, sobre o da chapa 1, Paulo Maia, que teria demonstrado despreparo e desinformação ao responder, sem convicção, às perguntas que lhe foram dirigidas e ao atacar, sem provas, o adversário.

Leia mais 

Em Cajazeiras, Candidatos a OAB contestam pesquisas da capital; "Falsa. Site não tem credibilidade”. ÁUDIO!

Observadores do embate entre os dois candidatos apontaram que a omissão do candidato da chapa 1 nas grandes questões em defesa dos advogados paraibanos ficou visível. Carlos Frederico provou sua experiência como advogado militante e sua superioridade em termos de serviços prestados à categoria. Foi assim nas discussões sobre advocacia pública, piso salarial, defesa das prerrogativas, Escola Superior de Advocacia, expediente forense, custas judiciais e outros assuntos.

Com relação ao piso salarial dos advogados, Carlos Frederico mostrou superioridade em termos de conhecimento e luta. Paulo Maia é presidente da comissão do piso salarial e, segundo Carlos Frederico, até agora nada fez, de concreto, em defesa do advogado nesse sentido. “Vossa Senhoria foi durante três anos – e ainda é – presidente da comissão do piso salarial e nunca fez sequer uma reunião”, disse Frederico. Paulo Maia tentou defender-se afirmando que havia feito um projeto nesse sentido que teria sido entregue à diretoria da OAB. “Mentira. E eu o desafio a mostrar, inclusive com o protocolo, que esse projeto tenha sido entregue”, rebateu Carlos Frederico.

Maia também foi pego em mentiras. Uma delas, a de que não era mais vice-diretor da ESA. Um internauta postou um print da página da OAB em que o nome de Paulo Maia consta como vice-diretor. Carlos Frederico disse, ainda, que Maia nunca compareceu a qualquer reunião da ESA. Maia tentou se justificar e acabou mostrando despreparo: “Não fui convidado”.

Outro escorregão do candidato da chapa 1 foi o de que a gestão atual da OAB nada teria feito pela redução das custas. Carlos Frederico explicou as ações, em nível estadual, que foram movidas nesse sentido e o atual estágio da luta. “Diante das dificuldades de vencermos essa questão na justiça estadual, resolvemos levar o caso ao CNJ. Nós temos a certeza de que nossa luta será vitoriosa. Estudamos um caminho mais eficiente, como fizemos na luta contra a redução do expediente forense, quando fomos ao Supremo Tribunal Federal. Nesse caso das custas, o faremos através do CNJ. A OAB, da qual me orgulho de fazer parte, fez muito por essa causa, inclusive uma audiência pública à qual Vossa Senhoria não compareceu”, alfinetou o candidato da chapa 2.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan