header top bar

section content

Médico adoece e gestantes ficam sem atendimento na maternidade de Cajazeiras: “É um absurdo”, diz jovem

A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, entrou em contato com o assessor de comunicação do Hospital, Daniel Oliveira. "O médico ficou doente"

Por

24/10/2015 às 17h50

Jovem grávida agredida (foto: ilustrativa/internet)

A gestante Rayane Dantas Pereira Melo sentiu fortes dores abdominais e precisou receber atendimento na maternidade Dr. Deodato Cartaxo na cidade de Cajazeiras, porém, não encontrou médico plantonista e foi atendida pelas enfermeiras.

Em contato com a reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, o jovem Ronaldo Rodrigues, que é cunhado de Rayane, relatou que é um absurdo o hospital não ter médico de plantão para atender as pacientes. “Não tem médico, a maternidade está entregue apenas as enfermeiras”, disse.

Ouça a entrevista com Ronaldo Rodrigues, cunhado da gestante!

Por falta do médico, as gestantes foram atendidas pelas enfermeiras do plantão e algumas retornaram para casa.

Outro lado
A reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão, entrou em contato com o assessor de comunicação do Hospital, Daniel Oliveira, e ele falou sobre o caso: "O enfermeiro obstetra do plantão junto à equipe avaliou a gestante e a mesma não se encontra em trabalho de parto, o ideal seria ela retornar mais tarde para avaliação do obstetra e o local mais indicado para q ela aguarde seria sua residência. O médico ficou doente e tentamos outro obstetra para vir para o plantão e não conseguimos, então tivemos que ligar pra ele e exigir que ele viesse mesmo doente. Ele disse que assim que melhorasse viria, e foi o que aconteceu, ele está chegando", disse o assessor.

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’