header top bar

section content

Cajazeiras inicia Outubro Rosa com oferta de exames para mulheres: “Câncer tem cura”

São 59 milhões de mulheres com câncer de mama no mundo.

Por

01/10/2015 às 15h00

A Prefeitura de Cajazeiras deu início nesta quinta-feira (01) às atividades em alusão ao Outubro Rosa, o mês de conscientização sobre a saúde da mulher, com foco principal no câncer de mama.

Várias secretarias estarão envolvidas nas atividades, mas a principal delas será naturalmente a Secretaria Executiva de Políticas Públicas para as Mulheres.

Além das ações que já são rotineiras nesta secretaria, voltadas sempre para a assistência social às mulheres de Cajazeiras, a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres prepara uma série de eventos dentro do Outubro Rosa. De acordo com a secretária Francisca Campos, a abertura oficial dos eventos ocorrerá na próxima terça-feira (06) e durante todo o mês, várias atividades serão exercidas.

Em conversa com a reportagem da TV Diário do Sertão, Campos ressaltou a importância desse mês especial para conscientizar a todos sobre os cuidados com a saúde da mulher. “Neste mês dedicado a saúde da mulher, estamos para esclarecer e informar. Mesmo diante da situação de crise, não podemos parar as políticas públicas”, disse ela.

A secretária lembrou que existe um mamógrafo na Policlínica pronto para realizar o atendimento à mulheres.  “Não esperem por sintomas. São 59 milhões de mulheres com câncer de mama no mundo. De mil mulheres que fazem seis descobrem, então vamos nos prevenir, pois, 95% dos canceres de mama diagnosticados precocemente, tem cura”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula