header top bar

section content

Juiz realiza “Audiência Volante” em cidades do Sertão para solucionar audiências trabalhistas. Assista aqui!

Segundo o juiz Paulo Roberto Vieira Rocha, o objetivo do projeto é facilitar o acesso do jurisdicionado à Justiça. “É motivo de alegria e orgulho". Confira!

Por

11/05/2015 às 07h22

Paulo Roberto Vieira Rocha, juiz da vara do trabalho de Sousa (Foto: Charley Garrido)

Vinte e duas audiências foram realizadas na cidade de Pombal, marcando o início do projeto Audiência Volante, que tem a coordenação do juiz da Vara do Trabalho de Sousa, Paulo Roberto Vieira Rocha e o apoio da Presidência do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região). Foi a primeira vez que o município sediou audiências trabalhistas. Participaram da edição inaugural do projeto o juiz auxiliar da Presidência, Antônio Eudes Vieira Júnior e o juiz Adriano Mesquita Dantas.

Foram realizadas 22 audiências e a maioria terminou em acordo. Dez processos foram conciliados, sete foram instruídos e cinco arquivados. O sucesso do projeto foi tão grande que até o final do ano a Justiça do Trabalho estará em Pombal, com exceção de julho, todos os meses. As datas já estão definidas: 17 de junho, 19 de agosto, 23 de setembro, 21 de outubro, 25 de novembro e 16 de dezembro. No próximo dia 26 a ação itinerante do TRT estará no município de Uiraúna, também com a coordenação da Vara do Trabalho de Sousa. As audiências podem ser marcadas pelo telefone 3521.2710 ou pelo e-mail: audienciavolante@trt13.jus.br.

Segundo o juiz Paulo Roberto Vieira Rocha, o objetivo do projeto é facilitar o acesso do jurisdicionado à Justiça. “É motivo de alegria e orgulho ver essa energia positiva das partes e dos advogados com a iniciativa”, disse o magistrado.

As partes também aprovaram a iniciativa. Para o empresário José Inocêncio dos Santos, que conciliou o processo, é muito melhor resolver a ação com o entendimento. “E aqui, em Pombal, evitamos mais despesas e o deslocamento para Sousa”. O trabalhador Wilson Alves do Nascimento elogiou a atitude da Justiça em se instalar em Pombal: “Não é sempre que a gente tem dinheiro para se deslocar para outra cidade. E pra mim foi muito bom, já que moro aqui bem pertinho do Fórum e, com o acordo, minha amizade com o meu ex-patrão vai continuar. Foi tudo rápido e fácil, sem aquela demora da Justiça”, disse.

Pagamento na sala de audiência
A primeira edição do projeto Audiência Volante teve cenas interessantes. Em um processo, o acordo foi feito na primeira audiência e o trabalhador recebeu o pagamento em dinheiro, na presença do juiz. “Saio daqui mais alegre, porque resolvi o problema hoje e, com o dinheiro no bolso, vou correndo pagar minhas contas”, disse Euclides de Sousa Filho.

O juiz auxiliar da Presidência do TRT, Antônio Eudes Vieira Júnior disse que o projeto tem todo o apoio da direção do Regional. “Além de tudo, a iniciativa está alinhada ao nosso Planejamento Estratégico, que prevê ações de itinerância, focando na aproximação da Justiça do Trabalho com o jurisdicionado”. O juiz Adriano Dantas disse que o caráter inovador do projeto empolgou a todos. “Essa energia positiva foi carreada para a realização de acordos e com a satisfação das duas partes”.

Os advogados aprovaram a iniciativa do TRT. Segundo Francivaldo Gomes, o projeto Audiência Volante representa um novo paradigma, onde a Justiça vai ao jurisdicionado, e não o contrário. “É a Justiça caminhando e rápido”, completou o advogado. Em Pombal, o projeto teve o apoio incondicional da juíza diretora do Fórum da Justiça Comum, Izabelle Braga Guimarães de Melo.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe os organizadores do 1º Eco pedal e o garoto prodígio do futebol Luiz Felipe

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Maria Vitória e Rodrigo Almeida 11.08.2017

INTERVIEW

Educadora fala da infância difícil e sua trajetória de sucesso: ‘Faltava dinheiro, mas não alegria’