header top bar

section content

Daesa deve mais de 40 milhões à Cagepa; Promotor diz que o órgãocausa dano ao patrimônio público

Desde agosto de 2013 que Leonardo Quintans instaurou um inquérito civil onde está investigando o funcionamento do Daesa

Por

19/02/2014 às 09h40

Leonardo Quintans, promotor de Justiça

O Promotor do Ministério Público de Sousa, Leonardo Quintans, declarou durante entrevista ao Diário do Sertão, que o Departamento de Água, Esgotos e Saneamento Ambiental (DAESA) que distribui água para a população de Sousa, está com uma dívida de R$ 40 milhões com a Cagepa.

Em reunião realizada na última segunda-feira (17), o superintendente do Daesa, Fernando Perissê, conversou com promotor algumas questões sobre o órgão municipal. Já na terça-feira (18), o gerente regional da Cagepa, Dedé Veras, também se reuniu com o promotor.

Desde agosto de 2013 que Leonardo Quintas instaurou um inquérito civil onde está investigando o funcionamento do Daesa na cidade de Sousa.

“O Daesa tem uma dívida com a Cagepa que gira em torno de R$ 40 milhões. Esse órgão causa dano ao patrimônio público, funciona mal e gera um débito diário para os cofres públicos de Sousa. Solicitei um plano concreto para que o superintendente indique uma solução para esse órgão o mais rápido possível”, concluiu o promotor.

Veja vídeo!

DIÁRIO DO SERTÃO

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa com a participação dos membros da Igreja Rei dos Reis

CADASTRAMENTO

VÍDEO: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

MITO DA INTERNET

VÍDEO: Fenômeno Gleyfy Brauly bate recorde de audiência no Xeque-Mate e canta sucessos no ‘imbromation’

CALDEIRÃO POLÍTICO

VÍDEO: Aliado releva que dois vereadores de oposição estão rasgando elogios ao prefeito Airton Pires