header top bar

section content

Município registra quase 200mm de chuvas em dois dias. Cidade da região de Cajazeiras choveu 109mm

A previsão é que o primeiro trimestre de 2014 seja ser marcado por chuvas dentro da normalidade nas regiões do Sertão e Cariri da Paraíba. Veja aqui!

Por

23/12/2013 às 17h16


                                                        Chuva alagou várias ruas em Diamante (Foto: Diamante Online)

A forte chuva voltou a cair no último final de semana em grande parte das cidades que compõem a microrregião do Vale do Piancó, e todo o Sertão da Paraíba.

Somente na cidade de Diamante, em apenas dois dias, foram registrados quase 200 milímetros de chuva, de acordo com o portal Diamante Online.

No último final de semana, também choveu em Sousa 12.5mm e em Cajazeiras 14.5 mm. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA), a chuva atingiu mais de 70 municípios paraibanos.

O maior índice de chuvas de acordo com a AESA, foi o município de Monte Horebe, na região de Cajazeiras. A chuva atingiu o município sertanejo no último sábado (21). 

Previsão
O primeiro trimestre de 2014 vai ser marcado por chuvas dentro da normalidade nas regiões do Sertão e Cariri da Paraíba, de acordo com o relatório de previsão climática da Agência Executiva de Gestão das Águas no Estado (Aesa).

De acordo o relatório, as previsões para os primeiros três meses do próximo ano indicam que as chuvas nessas regiões, além de ficarem dentro da média característica do período, devem ocorrer de forma irregular.

Veja abaixo!

Veja as imagens da chuva em Diamante na galeria abaixo. Clique para ampliar a foto!

DIÁRIO DO SERTÃO 

Tags:
ALFINETOU

VÍDEO: Aliado do prefeito destaca asfaltamento de ruas de Cajazeiras e alfineta grupo de Carlos Antonio

REVELAÇÃO

VÍDEO: Emocionado, radialista fala de dificuldades na infância e revela que ‘amigo’ lhe ofereceu drogas

VEJA

VÍDEO: Gilvan de Andrade fala de experiência no Rádio em Cajazeiras e João Pessoa

VÍDEO

Padre anuncia reforma da paróquia São João Bosco de Cajazeiras a avalia atuação do bispo