header top bar

section content

Padre questiona atuação de secretarias de Cajazeiras no combate ao mosquito. “Façam uma mídia descente!”

Ele voltou a demonstrar preocupação com a displicência do cidadão e criticou a falta de investimento da Prefeitura de Cajazeiras em campanhas na mídia

Por Luzia de Sousa

12/02/2016 às 16h01 • atualizado em 12/02/2016 às 16h07

Padre Francivaldo Albuquerque voltou a demonstrar muita preocupação com a displicência do brasileiro em relação ao combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, do Zika Vírus e da febre Chikungunya.

No Direto ao Ponto desta semana, ele reiterou que não está havendo o cuidado necessário por parte do cidadão com a sua casa, seja a moradia residencial, seja o planeta Terra, e por isso o mosquito está vencendo a batalha.

Padre Francivaldo

Padre Francivaldo é colunista semanal do Direto ao Ponto da TV Diário do Sertão

O religioso também voltou a criticar duramente a falta de investimento da Prefeitura de Cajazeiras em campanhas de conscientização na mídia. “Até hoje eu ainda estou envergonhado com a minha cidade, com a minha imprensa, com os donos de rádio, todos são concessões públicas para fazer de nossa casa um lugar seguro. Ligar para quem de imediato?”, questionou.

No seu desabafo, sobrou para os secretários de Comunicação e de Saúde do município. “Que absurdo que a campanha não chega nas rádios, na TV, nos sites! Vocês estão com medo? Vocês não estão vendo o risco que nós estamos correndo? Façam uma mídia descente. Já se viu fazer uma campanha sem mídia? Só em Cajazeiras.”

Ele ainda destacou o perigo das garrafas de bebidas vazias que são deixadas nas portas das residências após uma noite de festa e voltou a culpar a falta de campanhas e ações repressivas por parte do governo municipal.

“Por que isso? Falta campanha, falta coerção, falta repressão. Na mesma hora uma casa daquela seria notificada, e por que não notifica? Porque a campanha não chega às pessoas.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ADVERSÁRIOS ETERNOS

Breckenfeld diz que nunca será candidato a prefeito de São João nem aliado de Zé Aldemir: “Chance zero”

PSICOLOGIA & FILOSOFIA

Cajazeirense que vendia poesia pra pagar curso em SP fala sobre sonhos e objetivos no “Psicologia no Ar”

CÓDIGO COMPROVA

No 1º Xeque-Mate de 2018, tecnólogo diz que é fácil fraudar eleições com urna eletrônica e explica como

DIÁRIO ESPORTIVO

Diário Esportivo recebe o centravante Bruno Aurora, Carlos Kennedy e o presidente da ASCAT-CZ