header top bar

section content

ONG denuncia que médicos de Sousa trabalham mais de 140 horas por semana

Diretora de hospital rebate: ¨O que me interessa é que no dia dos plantões eles estejam aqui cobrindo a carga horária¨.

Por

06/01/2012 às 17h33

Durante toda semana a ONG Via Sertaneja tem destacado que vários médicos da cidade de Sousa estão cumprindo uma carga horária excessiva em comparação as horas trabalhadas em hospitais, clínicas, PSFs e outras unidades de saúde em Sousa e região.

Segundo o blogueiro Fernando Perissè que coordena a entidade não governamental, até agora foram citados os nomes dos médicos Francisco Queiroga Gadelha, Péricles Neves, Patrícia Sonaly e o pai Eduardo Medeiros, além do secretário de saúde de Sousa, Gilberto Gomes Sarmento.

As denúncias mostram que determinados médicos (cerca de 15) não cumprem todas as horas de serviços especificadas em contrato e estabelecidas pelo Ministério da Saúde. “Tenho documentos que mostram médidos trabalhando mais de 140 horas por semana, mas que na verdade dão plantão de poucas horas”. Disse Perissè.

O blogueiro afirmou que pretende abrir um diálogo com a classe médica e caso isso não ocorra poderá acionar o Ministério Público Federal. Ele questionou também o fato de médicos estarem trabalhando em escala de sobreaviso no Hospital Regional de Sousa e escalados ao mesmo tempo em Prefeituras de outras cidades.

Na denúncia publicada na imprensa, há casos em que uma mesma profissional de medicina cumpre residência médica em Cajazeiras, dá plantão em Santa Helena, Uiraúna, Sousa e João Pessoa, além de figurar como representante do conselho de ética do HRS.

De todos os citados, até agora apenas Dr. Gilbertão se pronunciou sobre as denúncias afirmando que é concursado do Estado e cumpre jornada de trabalho sempre que acionado pela direção do Regional.

Mas Perissè apresentou um documento onde o artigo 3º de uma portaria da Secretaria de Saúde do Estado datada de abril e publicada no Diário Oficial do Estado em maio do ano passado proíbe o sistema escalonado de sobreaviso em hospitais estaduais. 

Veja dcumento:

src=http://www.diariodosertao.com.br/ew3press/sendtmp/2012/20120106174258/galeria/20120106174258_1.jpg

O outro lado
Procurada pela reportagem do Diário do Sertão, a diretora do HRS disse que não recebeu de seus superiores nenhuma informação a respeito da publicação. A também médica Cláudia Sarmento afirmou que desconhece qualquer determinação que proíba este regime, mas garantiu buscar mais informações.

A gestora hospitalar frisou que todos os médicos cumprem a escala estabelecida pelo Regional. “O que me interessa é que no dia dos plantões eles estejam aqui cobrindo a carga horária”. Explicou.

Ouça áudio da entrevista:

DIÁRIO DO SERTÃO em Sousa
 

EFEITO IMEDIATO

VÍDEO: Após protesto nas ruas, chefe da PM anuncia ações para combater o crime em São João do Rio do Peixe

AMIGO DE BRÁULIO BESSA

VÍDEO: Poeta que esteve no Encontro com Fátima Bernardes foi o convidado do Xeque-Mate da semana; VEJA!

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Pentecostal de Jerusalém

DIÁRIO ESPORTIVO

DIÁRIO ESPORTIVO: Tudo que rolou no Campeonato Brasileiro e os preparativos para o Paraibano