header top bar

section content

Cidade de Cajazeiras perde fábrica de colchões com geração de 400 empregos para Patos. Veja!

A notícia pegou a população da cidade de Cajazeiras de surpresa. A sociedade cobra explicação do prefeito e dos deputados estaduais da cidade.

Por

06/12/2011 às 18h48

A população de Cajazeiras recebeu com muita tristeza a notícia de que a fábrica de colchões Gazin, que estava praticamente acertada de ser instalada em Cajazeiras, na verdade vai para a cidade de Patos.

A notícia foi divulgada na imprensa local nesta terça-feira (06) e pegou a todos de surpresa, pois o empreendimento vai gerar 400 empregos diretos e centenas de indiretos. As informações dão conta que os proprietários da empresa desistiram de Cajazeiras alegando a demora na homologação do aeroporto regional da cidade.

O aeroporto está com sua pista de pouso e decolagem e o terminal de passageiros concluídos, faltando apenas o cercamento, o balizamento noturno e a homologação.

População
A estudante Janicleia Dias disse que recebeu a notícia com muita frustração, porque 400 empregos em Cajazeiras alavancaria a economia local. “Gostamos de ouvir notícias boas para a nossa cidade, mas nos últimos dias isso está difícil”.

O servidor público João de Sá declarou que isso é falta de força política. “Isso é uam fraqueza muito grande. Nossa cidade tem dois deputados. E o prefeito? Cadê ele?”. Indagou o funcionário.

DIÁRIO DO SERTÃO
 

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia