header top bar

section content

Mesmo cirugiada, Gari denuncia que é obrigada a trabalhar para prefeitura de CZ

Segundo Dalva, era humilhada pelo secretário de Infraestrutura, Kléber Lima e que em alguns momentos foi ameaçada.

Por

25/11/2011 às 20h58

A Senhora Dalva Xavier de Sousa, de 55 anos, denunciou na tarde desta sexta-feira (25), durante o programa Rádio Vivo da Alto Piranhas, que foi demitida do cargo de Gari que ocupava na Secretaria de Infraestrutura mesmo estando de atestado médico. Segundo ela, meses atrás se afastou do trabalho porque precisaria fazer uma cirurgia no reto e o médico lhe recomendou, através de atestado, a necessidade da mesma se ausentar do trabalho para realizar tal procedimento. “Mesmo cirugiada estava trabalhando, porque preciso do dinheiro, mas como o pagamento atrasou fui cobrar e eles não gostaram e ficaram com raiva”. Relatou.

Dalva disse que era humilhada pelo secretário de Infraestrutura, Kléber Lima e que em alguns momentos foi ameaçada. “Quando fui demitida, Kléber me disse: bote na justiça para ver se você ganha”. Disse.

Emocionada, a mulher afirmou a reportagem que precisa comprar remédios e que foi pessoalmente pedir ao prefeito para que ele pudesse rever o caso. “Ele prometeu que ia ver, mas até agora nada”.

Morando com a mãe de 80 anos, Dalva relatou que falta tudo em casa. “Falta comida e agora o remédio, não sei o que fazer”. Finalizou.

O Outro lado
Perguntado pela reportagem do Diário do Sertão sobre a denúncia, o secretário de Infraestrutura, Kléber Lima disse que eram questões administrativas. “Ninguém é obrigado a nada, esta história de obrigação foi ela que inventou”. Disse.

Veja vídeo:

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula