header top bar

section content

Em CZ: Radialistas denunciam que Associação de Imprensa virou ponto de tráfico e motel

A denúncia foi veiculada neste domingo (13), na imprensa da cidade de Cajazeiras

Por

13/11/2011 às 23h29

Os radialista Alberto Dias e Fernando Caldeiras, denunciaram neste domingo (13), em seu programa semanal, “O Trem das Onze”, na Rádio Alto Piranhas, que a Associação Cajazeirense de Imprensa (ACI), que é presidida atualmente pelo também radialista Jarismar Pereira, está totalmente abandonada.

De acordo com a denúncia, a ACI passou a ter duas utilidades, uma delas é ter se tornado ponto de tráfico de drogas e a outra é está sendo confundida com motel.

Os radialistas lamentaram o descaso com a entidade, que foi tão importante e atuante em tempos de outrora.

O outro lado
O presidente da ACI não apresentou nenhuma solução no sentido de melhorias para o prédio ou ações na tentativa de “ressuscitar” a ACI.

Jarismar se limitou a dizer que seu mandato está chegando ao fim e sugeriu ainda, que o prédio da entidade fosse vendido, pois havia uma proposta avaliada em cerca de R$ 600 mil, para que pudesse ser construída uma nova sede fora da cidade, onde o terreno pode ser comprado com um custo menor.

“Meu mandato está acabando, mas poderia vender lá que é uma área avaliada num valor muito alto, para construir a sede em outra localidade”. Disse o radialista.

Veja mais fotos na galeria de fotos, clique e aumente o tamanho.

– Veja também: Sede da associação dos Radialista de Cajazeiras está abandonada; presidente promete recuperação

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula