header top bar

section content

Diretor diz que UFCG não recebe hospital de CZ porque IJB tem pendências jurídicas. Veja!

Francisco Figueiredo reafirmou nesse final de semana que a doação do IJB está prejudicada em Cajazeiras.

Por

03/10/2011 às 19h01

O diretor do Instituto Materno Infantil Julio Maria Bandeira de Melo (IJB-Antigo Hospital Infantil), Francisco Figueiredo,confirmou em entrevista a imprensa local nesse final de semana, que a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), não pode receber o instituto através de doação da prefeitura, porque existem pendências financeiras do poder público com a Casa de Saúde .

A informação prestada pelo Reitor da universidade, Thompson Mariz, nessa quinta-feira (29), dava conta que a proibição para a UFCG receber as doações dos hospitais na Paraíba foi dada pelo Ministro da Educação, Fernando Haddad, até que seja aprovado o projeto de lei que cria a Empresa de Serviços Hospitalares.

Já o diretor da unidade hospitalar revelou que a doação foi "barrada" devido a existência de débitos da prefeitura de Cajazeiras com a União.

“Realmente, a UFCG não pode receber o Instituto Materno Infantil com pendências jurídicas”. Declarou Figueiredo.

Segundo o diretor, para federalizar o IJB faltam dois procedimentos, o primeiro é que a prefeitura quite seus débitos e o segundo, é que o Ministro da Educação autorize o recebimento do hospital como doação.

Ele informou também, que a UFCG não vai resolver o problema do saneamento básico nem do calçamento, muito menos construir os oito ambulatórios que estavam previstos e ampliar a clínica cirúrgica do hospital, porque a unidade não pertence a universidade.

“Não podemos fazer essas melhorias porque o ambiente não é da UFCG”. Disse o diretor

Esperança
Figueiredo afirmou ainda que acredita na celeridade da administração pública, quanto a solução dos problemas, para que o processo de doação seja efetivado com muita rapidez, sob pena de perder recursos federais importantes e necessários ao funcionamento da Casa de Saúde.

Ouça o áudio!

O outro lado
O Secretário de Saúde de Cajazeiras, Pablo Leitão, informou que a Assessoria Jurídica da prefeitura e o próprio prefeito estão empenhados em solucionar o problema e fazer a doação do hospital o mais rápido possível.

“Nós queremos fazer essa doação para a melhoria dos serviços na cidade de Cajazeiras, independente de política, pois, com a federalização virão mais recursos para o hospital”. Disse Leitão.

Ouça o áudio!

Veja também
Reitor da UFCG diz que não vai receber hospital da prefeitura de Cajazeiras com pedências jurídicas. VEJA!

DIÁRIO DO SERTÃO
 

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula