header top bar

section content

Diretor diz que UFCG não recebe hospital de CZ porque IJB tem pendências jurídicas. Veja!

Francisco Figueiredo reafirmou nesse final de semana que a doação do IJB está prejudicada em Cajazeiras.

Por

03/10/2011 às 19h01

O diretor do Instituto Materno Infantil Julio Maria Bandeira de Melo (IJB-Antigo Hospital Infantil), Francisco Figueiredo,confirmou em entrevista a imprensa local nesse final de semana, que a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), não pode receber o instituto através de doação da prefeitura, porque existem pendências financeiras do poder público com a Casa de Saúde .

A informação prestada pelo Reitor da universidade, Thompson Mariz, nessa quinta-feira (29), dava conta que a proibição para a UFCG receber as doações dos hospitais na Paraíba foi dada pelo Ministro da Educação, Fernando Haddad, até que seja aprovado o projeto de lei que cria a Empresa de Serviços Hospitalares.

Já o diretor da unidade hospitalar revelou que a doação foi "barrada" devido a existência de débitos da prefeitura de Cajazeiras com a União.

“Realmente, a UFCG não pode receber o Instituto Materno Infantil com pendências jurídicas”. Declarou Figueiredo.

Segundo o diretor, para federalizar o IJB faltam dois procedimentos, o primeiro é que a prefeitura quite seus débitos e o segundo, é que o Ministro da Educação autorize o recebimento do hospital como doação.

Ele informou também, que a UFCG não vai resolver o problema do saneamento básico nem do calçamento, muito menos construir os oito ambulatórios que estavam previstos e ampliar a clínica cirúrgica do hospital, porque a unidade não pertence a universidade.

“Não podemos fazer essas melhorias porque o ambiente não é da UFCG”. Disse o diretor

Esperança
Figueiredo afirmou ainda que acredita na celeridade da administração pública, quanto a solução dos problemas, para que o processo de doação seja efetivado com muita rapidez, sob pena de perder recursos federais importantes e necessários ao funcionamento da Casa de Saúde.

Ouça o áudio!

O outro lado
O Secretário de Saúde de Cajazeiras, Pablo Leitão, informou que a Assessoria Jurídica da prefeitura e o próprio prefeito estão empenhados em solucionar o problema e fazer a doação do hospital o mais rápido possível.

“Nós queremos fazer essa doação para a melhoria dos serviços na cidade de Cajazeiras, independente de política, pois, com a federalização virão mais recursos para o hospital”. Disse Leitão.

Ouça o áudio!

Veja também
Reitor da UFCG diz que não vai receber hospital da prefeitura de Cajazeiras com pedências jurídicas. VEJA!

DIÁRIO DO SERTÃO
 

NO CALDEIRÃO POLÍTICO NA TV

Advogado fala da profissão, discute política e diz que Luciano Cartaxo é favorito nas eleições de 2018

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com o Ministério de Louvor: Fonte de água da vida

SAÚDE MENTAL

VÍDEO: “Psicologia no Ar” reestreia na TV debatendo as dúvidas e estereótipos que os psicólogos carregam

ENTREVISTA

VÍDEO: Com demonstrações ao vivo, fisioterapeuta cajazeirense explica como funciona a Quiropraxia