header top bar

section content

Léo pretende "descentralizar" o Carnaval de CZ

A grande sacada da comissão organizadora nomeada pelo prefeito eleito Léo Abreu para melhorar ainda mais o carnaval de Cajazeiras é o aumento da divulgação do espetáculo. Os organizadores pretendem um maior alcance publicitário e diminuir o que eles chamam de centralização da festa. Segundo um dos líderes da comissão organizadora, Jucinério Ricardo, o trabalho […]

Por

23/10/2008 às 15h44

A grande sacada da comissão organizadora nomeada pelo prefeito eleito Léo Abreu para melhorar ainda mais o carnaval de Cajazeiras é o aumento da divulgação do espetáculo. Os organizadores pretendem um maior alcance publicitário e diminuir o que eles chamam de centralização da festa.

Segundo um dos líderes da comissão organizadora, Jucinério Ricardo, o trabalho inicial será publicitário, com a exposição de faixas e outdoors em estados vizinhos, como Ceará, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Maranhão e até Bahia. Com esse largo alcance na divulgação, eles pretendem fazer com que o fluxo de turistas durante os dias da festa de Momo aumente.

O outro projeto é a chamada descentralização do Carnaval, que visa promover festas não só na área que abrange o corredor da folia, mas também em bairros da cidade. Para isso seriam usados os paredões de som e, se possível, até mesmo trio-elétricos de médio porte para promover arrastões de foliões dos bairros até o palco principal.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:

“Boca Quente” fala sobre Nilvan, Josival, Gutemberg e narra fato que mais lhe chamou atenção na área policial

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Padre e missionários falam sobre recuperação de dependentes químicos na região de Cajazeiras

DIÁRIO ESPORTIVO

Ao lado de grandes nomes da imprensa, Diário Esportivo debate as rodadas da Série C e D do Paraibano

PARTIU PARA O ATAQUE

VÍDEO: Júnior Araújo diz que José Aldemir vai perseguir servidores que não apoiarem campanha de Paula