header top bar

section content

Cajazeirense lança livro sobre relação entre Padre Cícero e Diocese da cidade de Cajazeiras. Veja vídeo!

No livro, o autor relembra um dos períodos mais tensos da relação entre Igreja e política

Por Jocivan Pinheiro

20/05/2016 às 14h49 • atualizado em 20/05/2016 às 17h41

O escritor cajazeirense Francisco Sales Cartaxo (Frassales) lançou nesta quinta-feira (20), no Centro Cultural Zé do Norte, em Cajazeiras, um livro que já está sendo considerado um dos principais registros históricos envolvendo a Igreja Católica em Cajazeiras.

Frassales Cartaxo e sua obra

Frassales Cartaxo e sua obra

“Guerra ao Fanatismo: a Diocese de Cajazeiras no cerco ao Padre Cícero” (Livro Rápido, Recife-PE) narra e analisa a criação, em 1914, da Diocese de Cajazeiras a partir do contexto nacional marcado pela reestruturação da Igreja Católica Apostólica Romana depois da separação com o Estado decretada pelo regime republicano.

No livro, o autor relembra um dos períodos mais tensos da relação entre Igreja e política, quando existia forte oposição da hierarquia católica às ações desenvolvidas pelo padre Cícero desde a ocorrência e divulgação do pretenso milagre da transformação da hóstia em sangue na boca da beata Maria de Araújo.

Frassales autografa livros no lançamento

Frassales autografa livros no lançamento

Segundo Frassales, a postura da Igreja teve efeito decisivo na localização do bispado em Cajazeiras, por isso ele decidiu remexer em uma história de mais de um século, com objetivo de reunir dados e pontos de vista que confirmam o que o sociólogo Sergio Miceli classificou como um cerco ao fanatismo irradiado de Juazeiro do Norte, no Ceará.

“É a história de Cajazeiras voltada para um dos aspectos mais importantes do nosso passado, que é a ligação da cidade, nas suas origens, com a Igreja Católica”, explica Frassales.

Ele conta que a criação da Diocese de Cajazeiras “não foi um fato isolado, foi em conjunto com outras decisões. E eu preciso lembrar que a Igreja Católica, naquela época, tinha fortes contradições com o movimento gerado a partir do Juazeiro, que a própria Igreja caracterizava como fanatismo.”

O engenheiro químico Renato Casemiro, que é pesquisador da vida de Pe. Cícero, ressalta que “Guerra ao Fanatismo: a Diocese de Cajazeiras no cerco ao Padre Cícero” é importante justamente porque acrescenta dados às pesquisas já feitas sobre a relação Igreja x Pe. Cícero.

“Um livro como esse para nós é de extrema valia porque traz elementos novos sobre fatos importantes que estiveram na periferia ou até mesmo no miolo da questão que envolveu toda a antipatia da Igreja em aceitar a realidade não só da liderança, como também o fato acontecido da transformação de hóstia em sangue.”

GALERIA DE FOTOS:

.

DIÁRIO DO SERTÃO

MERCADO NEGRO

EXCLUSIVO: Padre denuncia que Cajazeiras está repleta de ‘locadoras de armas’: “A polícia sabe” – VÍDEO!

PARABÉNS

VÍDEO: Veja a mais nova música que homenageia a cidade de Cajazeiras nos seus 154 anos de emancipação

AO VIVO

Assista ao Debate de Cajazeiras completo; vários temas foram levantados para melhorar a cidade

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor