header top bar

section content

NA CAPITAL: Orquestra Sinfônica Jovem realiza concerto com trompetistas dos EUA

O Encontro é uma realização do grupo Ubirani, associação de jovens trompetistas sediada na cidade de João Pessoa.

Por Redação Diário

18/07/2016 às 12h03

Alan Siebert (solista) é professor de trompete no Conservatório de Música da Universidade de Cincinnati

A Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) realiza, nesta quinta-feira (21), concerto especial com participações de dois trompetistas vindos dos Estados Unidos. A apresentação integra a programação do II Encontro Internacional de Trompetes Ubirani e traz como convidados Alan Siebert (Orquestra de Câmara de San Diego) e Charles Schlueter (Filarmônica de Nova Iorque). A regência será do maestro Luiz Carlos Durier, titular da OSJPB. O evento acontece na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, do Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, às 20h30, com entrada gratuita.

O Encontro é uma realização do grupo Ubirani, associação de jovens trompetistas sediada na cidade de João Pessoa. O evento conta com parceria da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) por meio da sua Orquestra Sinfônica Jovem.

A abertura do concerto será com a composição “Em Um Mercado Persa”, de Albert Ketelbey (1875-1959). Na sequência, o programa apresenta, de Cesar Guerra Peixe (1914-1993), “Museu da Inconfidência” e “Restos de Reino Negro”. Com solo do trompetista Alan Siebert a Orquestra toca obra de Johann Baptist Neruda (1708-1780), “Concerto para Trompete e Orquestra em Mi Bemol Maior”, nos movimentos Alegro / Largo / Vivace.

Em seguida, o trompetista convidado Charles Schlueter entrará como solista na obra de Alexander Arutiunian (1920-2012), “Concerto para Trompete em Lá Bemol Maior”. Para fechar o concerto, a Orquestra Jovem executará a uma seleção de temas da obra “Les Miserables” de Claude-Michel Schönberg (1944), com arranjo de Bob Lowden.

Sobre os convidados – Alan Siebert (solista) é professor de trompete no Conservatório de Música da Universidade de Cincinnati. Foi membro da Orquestra Sinfônica de San Diego e principal trompete tanto da Ópera quanto da Orquestra de Câmara de San Diego. Atualmente é membro da Orquestra Filarmônica de Dayton.

Como solista, Siebert já se apresentou em grande parte dos Estados Unidos e no exterior. Também se apresentou e gravou com os grupos “Summit Brass”, “Carillin Brass” e “Westwind Brass & Kenuckiana”. Encomendou e estreou diversas obras para trompete solo e grupos de metais.

Siebert já ministrou aulas em locais como University of Bridgeport, University of Wisconsin-Superior, Arizona State University e Michigan State University. Ele é co-autor do Teaching Brass: A Resource Manual, publicado pela McGraw-Hill. Graduado pela Universidade de Michigan e SUNY Fredonia. Sieber já gravou para Equilibrium, Pro Arte, Discovery, New World, Summit, Klavier, Integra e Coronet.

charlie

Charles Schlueter (solista)

O outro trompetista convidado, Charles Schlueter (solista), cresceu em Du Quoin, Illinois. Começou seus estudos no trompete quando tinha apenas dez anos e recebeu orientação de Charles Archibald, Donald Lemaster, Melvin Siener e Edward Brauer antes de entrar para Juilliard School em 1962, onde desde então seu mentor foi William Vacchiano, principal trompetista da Filarmônica de Nova Iorque.

Schlueter foi o principal trompete na Orquestra Sinfônica de Boston de 1981 até 2006. Antes deste período, foi primeiro trompete da Filarmônica da cidade de Kansas, Sinfônica de Milwaukee, Orquestra de Minnesota e principal associado da Orquestra de Cleveland.

Schlueter apareceu tanto como recitalista como solista em orquestras na França, Brasil e Japão. Nos Estados Unidos solou sob a batuta de maestros como Seiji Ozawa, Neville Marriner, Stanislaw Skrowaczewski e Kazuyoshi Akiyama. E no Japão com Ken-Ichiro Kobayashi e Naohiro Totsuka.

Em 1998, Schlueter participou da criação do “Festival de Metais do Nordeste”, em João Pessoa (PB). Durante os últimos 25 anos, tem ministrado masterclasses e recitais, também junto a orquestras em Salvador (BA), Volta Redonda (RJ), Belém (PA), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Porto Alegre (RS). Ainda no Brasil, participou como professor do Festival de Música de Santa Catarina (Femusc).

Charles Schlueter pode ser ouvido em muitas gravações com a Sinfônica de Boston e Orquestra de Minnesota. Gravou os CD’s “Bravura”, “Virtuoso Trumpet”, “Trumpet Concertos”, “Trumpet Works”, “Songs from the heart” e “Statements”.

A Fundação Charles Schlueter foi fundada em 2001. É uma organização sem fins lucrativos que visa o encorajamento e a comunicação entre os instrumentistas de metais, promovendo o alto nível em performance, o ensino e a literatura associada a instrumentos de metais.

Regente – Natural de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da OSJPB há 17 anos. Seu trabalho direcionado para jovens músicos em formação tem reconhecimento em todo o Brasil. As suas interpretações cativantes e criativas produzem sempre sucesso de público e crítica. Sob sua batuta, já se tornou tradição a Orquestra Jovem apresentar estreias mundiais com excelente qualidade técnica e artística. Em setembro de 2013, foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB).

Na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), concluiu o ensino superior de música nos cursos de Licenciatura e Bacharelado. Desde que chegou à Escola de Música Anthenor Navarro (Eman), em 1991, lidera atividades de educação musical ensinando: Musicalização, Viola e Música de Câmara e Regência. Participou das XIX e XX Semana da Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) como professor da classe de regência. Na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), está realizando o Curso de Especiação em Fundamentos da Educação – Práticas Pedagógicas Interdisciplinares.

Como regente convidado, conduziu a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte, Orquestra Sinfônica do Estado de Sergipe, Orquestra Sinfônica da UFRN e Orquestra Criança Cidadã do Recife. Regeu a Orquestra de Cordas da 29ª e 30ª Oficina de Música de Curitiba. Na sua formação como regente, foi aluno de Wolfgang Groth, Nelson Nuremberg e Guilhermo Scarabino. Desde 2005, estuda com o maestro Osvaldo Ferreira. Participou de masterclasses com os maestros Kurt Masur e, recentemente, com Dante Anzolini. Ainda teve como mestres o maestro José Siqueira, José Alberto Kaplan, Iara Bernette, Violeta de Gainza, Guilhermo Campos e Horácio Schafer.

Conduziu a OSPB na gravação ao vivo do cd da cantora Marines e sua Gente, do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Tem acompanhado com frequência artistas populares com a OSPB e OSJPB em grandes concertos populares, tais como: Ângela Ro Ro, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zélia Duncan, sempre com grande sucesso de público e crítica. No ano de 2012, recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo brilhante desempenho profissional frente à OSPB.

Serviço:

Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba – 3º Concerto Oficial de 2016

II Encontro Internacional de Trompetistas Ubirani

Regência: Luiz Carlos Durier (maestro titular)

Solistas: Alan Siebert (Orquestra de Câmara de San Diego) e Charles Schlueter (Filarmônica de Nova Yorque), trompetes

Data: quinta-feira (21 de julho)

Hora: 20h30

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, Espaço Cultural José Lins do Rego

Entrada: gratuita

SECOM

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan