header top bar

section content

Músicos estrangeiros visitam Cajazeiras e se encantam com o resultado do Projeto Prima

O Quarteto de Cordas Pequeña Venecia conheceu o programa do Governo do Estado que promove inclusão social de jovens através da música

Por Jocivan Pinheiro

22/07/2016 às 15h43 • atualizado em 22/07/2016 às 15h46

Nesta quinta-feira (21), o Quarteto de Cordas Pequeña Venecia, da Venezuela, esteve em Cajazeiras e conheceu o Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima), do Governo do Estado, que promove a inclusão social de crianças e adolescentes através da música. No auditório do Centro Cultural Zé do Norte, os músicos venezuelanos deram aulas, trocaram experiências com os jovens e fizeram apresentações.

Quarteto de Cordas Pequeña Venecia e, no centro, a diretora do Prima na Paraíba, Priscila Santana

Quarteto de Cordas Pequeña Venecia e, no centro, a diretora do Prima na Paraíba, Priscila Santana

O quarteto é formado por Manuel David Vasquez e Manuel Alfredo Barrios nos violinos, Carolina Quero na viola e Radnier Vargas no violoncelo. Em sua passagem pela Paraíba, o grupo realiza concertos nas comunidades onde há atuação do Prima, além de masterclasses para professores e alunos, visitas mensais a todos os polos de ensino, imersão e preparação de concertos semestrais.

O grupo vem da Venezuela trazendo todo seu conhecimento e vivência do ‘El Sistema’ – um sistema de orquestras que existe há 40 anos naquele país e tem revolucionado a música clássica e a relação com comunidades vulneráveis.

VEJA TAMBÉM

» Menina revelada pelo Prima em Cajazeiras é selecionada para curso de música em Santa Catarina

» Projeto Prima em Cajazeiras impressiona professores de música de São Paulo

O violoncelista Radnier Vargas explica que na Venezuela esse programa tem ajudado a tirar crianças e adolescentes da criminalidade, e comparou o projeto venezuelano ao Prima da Paraíba.

“O projeto na Venezuela já tem 42 anos funcionando. Realmente é igual ao nosso projeto, que é a inclusão social em que trocamos armas por violinos, por violoncelos, e incluímos os jovens à sociedade.”

Ele percebeu que mesmo em Cajazeiras, onde a influência maior é da música popular, os alunos do Prima estão se adaptando bem à música erudita. “É importante que a música clássica chegue aqui, e eles já estão internalizando essa música, e é esse caminho que vamos seguir.”

A diretora geral do Prima na Paraíba, Priscila Santana, frisou: “O Prima vem com o objetivo de trazer os valores de cidadania através da música. O escutar, o dialogar, o respeitar o outro que é fundamental na formação orquestral, e é importante que eles levem isso para toda a vida.”

Prima (5)

Músicos realizaram apresentações durante o encontro com os alunos

Auditório do Centro Cultural Zé do Norte ficou lotado

Auditório do Centro Cultural Zé do Norte ficou lotado

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!