Cultura
05/11/2016 às 14h14 • atualizado em 05/11/2016 às 14h16

postado por: C. Campelo

A mais de 40 anos, rádio Progresso AM da cidade Sousa oficializa migração para FM nesta segunda em Brasília

A Rádio Progresso AM foi pioneira da radiofonia de Sousa, fundada na década de 70, passará a ser a primeira emissora AM de Sousa a oficializar a mudança

Rádio progresso passa de AM para FM (Foto: Divulgação)

O superintendente da Rádio Progresso AM, da cidade de Sousa. Dr. Homero de Sá Pires, viajou à Brasília onde na segunda-feira, 7, participa de solenidade no Palácio do Planalto às 14hs00 onde será assinado termo aditivo para migração de emissoras de rádio da frequência AM para a FM.

Homero Pires estará acompanhado da esposa, a professora Fátima Pires, e do filho, o deputado estadual e secretário de Estado, Lindolfo Pires Neto, PROS.

A cerimônia será presidida pelo presidente da República Michel Temer e contará com a presença do ministro Gilberto Kassab e de dirigentes de 189 emissoras de rádio que irão oficializar a nova frequência radiofônica.

A Rádio Progresso AM, pioneira da radiofonia de Sousa, foi fundada na década de 70 e também passa a ser a primeira emissora AM de Sousa a oficializar a mudança para a frequência modulada. O ato de assinatura do aditivo acontecerá exatamente neste dia 7 de novembro, dia dedicado ao radialista.

O superintendente da Rádio Progresso, Homero Pires, disse que “trata-se de um avanço importante para todo o sertão. Poderemos agora na condição de FM estar em pé de igualdade com as demais emissoras. Vamos primar pela prestação de serviços e uma programação voltada para a população”.

A Dra. Fátima Pires, apresentadora do Programa Progresso Mulher, afirmou que a conquista da migração do AM para o FM é de Sousa e das cidades da região. “Estamos felizes com essa nova etapa. A Rádio Progresso sempre foi uma emissora da vanguarda e além de ser a pioneira de Sousa, agora é a primeira rádio AM a passar para a frequência FM”.

O deputado estadual Lindolfo Pires destacou a conquista da migração do AM para o FM e disse que “a meta é oferecer a Sousa e região um serviço de comunicação ainda mais moderno, tendo como objetivo a prestação de serviço através da nova programação que será apresentada a coletividade”.

O diretor administrativo da Rádio Progresso, Wellington Ferreira, disse que o superintendente da emissora Homero Pires já quitou o boleto exigido pelo Ministério das Comunicações e a presença da representação da Progresso AM foi confirmada junto a ABERT, Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão na solenidade desta segunda-feira.

Após o evento em Brasília a direção da emissora se voltará para a aquisição dos equipamentos necessários para a efetivar a mudança de frequência que deverá ser confirmada em 103.5 FM.

Minas Gerais permanece como o estado com mais emissoras aptas para migrar (22). Em seguida, estão as emissoras de São Paulo (19), Santa Catarina (17), Paraná (14), Mato Grosso (13), Bahia (12), Ceará (12) e Rio Grande do Norte (11), além das rádios de outros estados constantes da lista.

Na Paraíba, além de Sousa, estão na relação de emissoras que passarão do AM para o FM, rádios das cidades de Guarabira, Princesa Isabel, Monteiro e Pombal.

DIÁRIO DO SERTÃO 

Deixe seu comentário