header top bar

section content

INÉDITO: São João do Rio do Peixe, Sousa e mais três cidades do Sertão podem comprar material de reforma com 20% de desconto para 15 Centros Históricos

A ideia é que os proprietários dos bens, protegidos pela legislação vigente, “possam ter descontos na aquisição de tintas e materiais de pintura.

Por Luzia de Sousa

01/02/2017 às 16h46 • atualizado em 01/02/2017 às 19h01

Tombada pelo patrimônio Histórico, a casa precisa de reforma em São João do Rio do Peixe (Foot: Wlisses Estrela)

Um acordo inédito entre o poder público e a iniciativa privada vai impulsionar a revitalização dos 15 Centros Históricos existentes no Estado e os imóveis que são tombados individualmente, em todos os municípios, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba. A assinatura do Termo de Parceria nº 001/2017 contém nove cláusulas e aconteceu na tarde desta terça-feira (17), celebrando uma parceria entre o Iphaep e a Empresa O Mundo das Tintas.

+ ‘Amantes’ de São João do Rio do Peixe anunciam início da restauração da Estação Ferroviária. Confira aqui!

A ideia, conforme a Cláusula Primeira, que trata do objeto, é que os proprietários dos bens, protegidos pela legislação vigente, “possam ter descontos na aquisição de tintas e materiais de pintura, com a finalidade de preservar seu imóvel, qualificando assim o espaço urbano de seu entorno”.

Os Centros Históricos existentes no Estado estão localizados nas cidades de: Alagoa Grande, Areia, Bananeiras, Cajazeiras, Campina Grande, João Pessoa, Mamanguape, Pilar, Pombal, Princesa Isabel, Remígio, São João do Cariri, São João do Rio do Peixe, Sousa e Rio tinto.

Como fazer
Já na Cláusula Segunda, que contém as normas da Obrigação das Partes, estão descritas as competências do parceiro e do Iphaep. No tocante ao Mundo das Tintas, ficou acordado que a empresa deve “conceder um desconto de 20% na venda de materiais de pintura e tintas com especificações e cartelas de cores estabelecidas pelo parceiro mediante apresentação de certidão emitida pelo Proponente, junto aos moradores e/ou proprietários”. Com relação ao Iphaep, o Termo de Parceria prevê que o órgão deve “receber e analisar as propostas dos proprietários de bens localizados nos Centros Históricos e/ou tombados individualmente, e expedir uma certidão comprovando a proteção do imóvel e aprovando a proposta cromática para a pintura do bem”.

Num parágrafo único, intitulado de Da não Comutatividade de Descontos, está previsto que: “As tintas e os materiais de pintura que estiverem participando de campanhas promocionais e ou convênios o desconto não será cumulativo, prevalecendo o menor preço”.

Pertencimento
Segundo lembrou a diretora executiva do Iphaep, Cassandra Figueiredo, o Termo de Parceria faz parte do Projeto Acordo Cultural, que aconteceu no final do ano passado, e que pretende incentivar os moradores de áreas de Centro Histórico, assim como os proprietários de imóveis tombados individualmente, a promoverem a revitalização dos seus imóveis, por meio da pintura das casas, principalmente das fachadas das edificações.

Ela disse acreditar que, a partir da efetivação da pintura das fachadas, os Centros Históricos vão se tornar um espaço mais atrativo. “Nossa proposta é cuidar e morar, promovendo uma maior ocupação e, consequentemente, a valorização dessas áreas, por meio da manutenção da beleza arquitetônica dos seus imóveis”, observou.

O diretor do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/PB), arquiteto e urbanista Cristiano Rolim, esteve presente à assinatura do documento e endossou que a proposta vai reverter o processo de desvalorização do Centro Histórico da capital paraibana. “Creio que, agora, as pessoas – moradores e comerciantes da área – terão mais forte o sentimento de pertencimento”, comentou.

Já o diretor administrativo do Mundo das Tintas, Cley Guedes de Miranda Freire, lembrou que a empresa, localizada no Varadouro, tem um olhar especial sobre o Centro Histórico de João Pessoa. “Foi lá que meu pai começou nossa empresa. E lá permanecermos como referencial. Por isso, acreditamos que o Acordo vai ser um marco na revitalização da área”, enfatizou.

Na ocasião, ele apresentou uma cartela contendo 800 cores da tinta de marca Coral, que poderá ser utilizada pelos moradores e comerciantes, além da Redemix, que tem maior longevidade e maior custo benefício por tinta usada, em relação ao metro quadrado da área pintada.

Segundo a diretora do Iphaep, a parceria da instituição patrimonial com o Mundo das Tintas é um benefício para a cidade e para o bolso do proprietário. “Para utilizar esse desconto, o interessado tem que passar pelo Iphaep. E isso vai nos revelar, em números, quantos imóveis serão beneficiados, a partir deste incentivo. Estou orgulhosíssima em assinar este Termo de Parceria”, ressaltou.

O Termo de Parceria entre o Iphaep e o Mundo da Tintas terá validade de cinco anos a partir da data de assinatura. Terá, ainda, usufruto para todos os municípios.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria e Wlisses Estrela

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!