header top bar

section content

Ator critica possível nomeação de padre na Secretaria de Cultura de Cajazeiras, defende nome de colega e pede diálogo com artistas

Demora em escolher um novo secretário para substituir Chagas Amaro tem causado descontentamento entre alguns segmentos da cultura cajazeirense

Por Jocivan Pinheiro

27/04/2017 às 15h10 • atualizado em 27/04/2017 às 18h26

O secretário executivo de Cultura de Cajazeiras, professor e radialista Chagas Amaro, entregou sua carta-renúncia ao prefeito José Aldemir (PP) no final do mês passado alegando incompatibilidade de horário. Porém, o prefeito solicitou que Chagas continuasse à frente da pasta até que um novo nome fosse escolhido. Como até agora este nome ainda não foi definido, o professor Chagas Amaro continua respondendo pela Cultura de Cajazeiras.

Este impasse tem causado descontentamento entre alguns segmentos da cultura cajazeirense. É o exemplo do ator e articulador cultural Beethoven Ulianov, que em entrevista à TV Diário do Sertão, lamentou a situação da Cultura na terra do Padre Rolim.

VEJA TAMBÉM: Artistas, gestores e vereadores pedem maior incentivo à cultura em sessão especial na Câmara de Cajazeiras

Beethoven Ulianov é ator e articulador cultural em Cajazeiras

Além da demora em escolher um secretário que esteja inserido no movimento cultural e disposto a se dedicar à Cultura em tempo integral e durante toda a gestão, Beethoven reclama da falta de diálogo e apoio da secretaria ao segmento. Ele critica a possibilidade de um padre ser escolhido como próximo secretário e defende o nome do atual subsecretário executivo de Cultura Ricardo Lacerda, que também é ator, como o ideal para assumir a pasta.

“Apesar de algumas falhas que tivemos na gestão passada, tinha um diálogo aberto com a classe. Nessa gestão, tem 100 dias onde não teve uma reunião com a classe, não conversou com a classe. Eu acho que tudo parte de um diálogo; saber quais são as necessidades que a classe tem, e isso não houve até hoje”, declara Beethoven.

José Anchieta, secretário de Articulação Política

Por outro lado, o secretário de Articulação Política José Anchieta negou que a Secretaria Executiva de Cultura não esteja atendendo às demandas da categoria e ressaltou que Chagas Amaro continua à frente da pasta até que um novo nome seja escolhido em comum acordo com os segmentos culturais da cidade.

Para ilustrar o apoio que a secretaria tem dado ao movimento, ele citou a Paixão de Cristo e a Semana Municipal da Dança. “Não há nenhum problema em relação aos encaminhamentos da cultura. O secretário Chagas Amaro, juntamente com o subsecretário Ricardo Lacerda, tem recebido toda a demanda da classe cultural e tem feito os encaminhamentos necessários”, disse José Anchieta.

DIÁRIO DO SERTÃO

CACHOEIRA DOS ÍNDIOS

VÍDEO: Ex-prefeito rompe o silêncio, fala de derrota e lamenta promessa não cumprida de atual gestor

ENTREVISTA

VÍDEO: Do vício em jogo à fama, ‘Rei das Tapiocas’ de Cajazeiras conta trajetória no programa Xeque-Mate

MARIA CALADO NA TV

Programa Maria calado na TV recebe os Quentes da Pegada da cidade de São João do Rio do Peixe

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em Continência ao Senhor Jesus com a participação do Sargento Souza e Marcos Alan