header top bar

section content

Ator critica possível nomeação de padre na Secretaria de Cultura de Cajazeiras, defende nome de colega e pede diálogo com artistas

Demora em escolher um novo secretário para substituir Chagas Amaro tem causado descontentamento entre alguns segmentos da cultura cajazeirense

Por Jocivan Pinheiro

27/04/2017 às 15h10 • atualizado em 27/04/2017 às 18h26

O secretário executivo de Cultura de Cajazeiras, professor e radialista Chagas Amaro, entregou sua carta-renúncia ao prefeito José Aldemir (PP) no final do mês passado alegando incompatibilidade de horário. Porém, o prefeito solicitou que Chagas continuasse à frente da pasta até que um novo nome fosse escolhido. Como até agora este nome ainda não foi definido, o professor Chagas Amaro continua respondendo pela Cultura de Cajazeiras.

Este impasse tem causado descontentamento entre alguns segmentos da cultura cajazeirense. É o exemplo do ator e articulador cultural Beethoven Ulianov, que em entrevista à TV Diário do Sertão, lamentou a situação da Cultura na terra do Padre Rolim.

VEJA TAMBÉM: Artistas, gestores e vereadores pedem maior incentivo à cultura em sessão especial na Câmara de Cajazeiras

Beethoven Ulianov é ator e articulador cultural em Cajazeiras

Além da demora em escolher um secretário que esteja inserido no movimento cultural e disposto a se dedicar à Cultura em tempo integral e durante toda a gestão, Beethoven reclama da falta de diálogo e apoio da secretaria ao segmento. Ele critica a possibilidade de um padre ser escolhido como próximo secretário e defende o nome do atual subsecretário executivo de Cultura Ricardo Lacerda, que também é ator, como o ideal para assumir a pasta.

“Apesar de algumas falhas que tivemos na gestão passada, tinha um diálogo aberto com a classe. Nessa gestão, tem 100 dias onde não teve uma reunião com a classe, não conversou com a classe. Eu acho que tudo parte de um diálogo; saber quais são as necessidades que a classe tem, e isso não houve até hoje”, declara Beethoven.

José Anchieta, secretário de Articulação Política

Por outro lado, o secretário de Articulação Política José Anchieta negou que a Secretaria Executiva de Cultura não esteja atendendo às demandas da categoria e ressaltou que Chagas Amaro continua à frente da pasta até que um novo nome seja escolhido em comum acordo com os segmentos culturais da cidade.

Para ilustrar o apoio que a secretaria tem dado ao movimento, ele citou a Paixão de Cristo e a Semana Municipal da Dança. “Não há nenhum problema em relação aos encaminhamentos da cultura. O secretário Chagas Amaro, juntamente com o subsecretário Ricardo Lacerda, tem recebido toda a demanda da classe cultural e tem feito os encaminhamentos necessários”, disse José Anchieta.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!