header top bar

section content

Festival de Música da Paraíba faz eliminatória em Sousa e classifica 6 finalistas

A segunda eliminatória será no Parque Bodocongó, dia 20 deste mês, em Campina Grande (com show de Os Fulano), com outras 12 músicas

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

16/01/2018 às 11h55

Semi final classificou 6 candidatos

Uma noite com o melhor da canção paraibana. Sousa, no Sertão da Paraíba, recebeu, sábado (13), a primeira eliminatória do Festival de Música da Paraíba. Após a disputa, houve show de Val Donato e banda. Realizado pela Rádio Tabajara, Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Fundação Espaço Cultural, o evento terá outra eliminatória sábado dia (20), em Campina Grande.

Onze músicas participaram da eliminatória de Sousa. Seriam 12, mas uma das canções foi eliminada por não ter participado do ensaio geral, um dia antes da apresentação. ‘A canção ‘Alfenim’, de Bruno Miranda de Azevedo, que seria defendida por Manu Lima, foi desclassificada.

Ao final da eliminatória, as seis classificadas foram as seguintes: ‘Capitu’, de Tom Drummond, ‘Imprópria’, de Chico Limeira, ‘Até quando o sertão virar mar’, de Marcos Vinicius, ‘Santo de casa’, de Adeildo Vieira, ‘Tanto’, de Wister, e ‘Paraíba Mood’, de Levi Nascimento. Todas as canções foram interpretadas pelos próprios autores.

A comissão de jurados foi formada por Geraldo Magalhães, Maycon Carvalho, Eleonora Falcone, Luizinho De Pombal e Helinho Medeiros. A próxima eliminatória será em Campina Grande, sábado que vem, quando estarão no palco ‘Sopro da loca’, de Renato Anderson (interpretada por Renato Anderson, Nara Limeira, Naldinho Braga e Renan Rezende) e ‘Aos olhos de Zabé’, de José Ulisses Barbosa (interpretada por Joílson Lima).

Também estão na disputa de sábado que vem, dia 20, ‘Zabé da Loca’, de Severino Floriano (interpretada por Júnior Vieira), ‘Incerteza’, de Jorge José Ferreira (interpretada por Jorge Ribbas), ‘Sonho de cantador’, de Wagner Malta (interpretada por Wagner Malta), ‘Tectônica’, de Marcelo Piancó e Thyego Lopes (interpretada por Cida Alves) e ‘Chica Negra Gata’, de Jonathas Falcão (interpretada por Thiago Almeida).

A lista para o próximo dia 20 tem, ainda, ‘Flor de luz’, de Luís Carlos Lucas (interpretada por Luís Carlos Lucas), ‘Um samba a dois’, de Poty Lucena Júnior (interpretada por Polyana Resende), ‘Tua estrada’, de Daniel Pina (interpretada por Daniel Pina), ‘Lampejo’, de Lucas Dourado (interpretada por Lucas Dourado) e ‘Chama pelo nome’, de Titá Moura (interpretada por Titá Moura).

O secretário de Cultura, Lau Siqueira, destacou que esse festival foi rico nos quesitos quantidade e qualidade, uma vez que todas as músicas selecionadas são de plasticidade indiscutivelmente bonitas e a disputa contou com mais de 300 inscritos. “Está surgindo um novo movimento musical na Paraíba”, declarou.

A presidenta da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), Nézia Gomes, ressaltou a qualidade das músicas do festival, mas também a equipe de planejamento e execução do evento. “Chegamos aos finalmente e estamos muitos felizes com o resultado dessa eliminatória. Há a sensação de tarefa cumprida”, disse Nézia.

A diretora-presidenta da Rádio Tabajara, Maria Eduarda Santos, acompanha a afirmação de Nézia com relação ao sucesso do Festival de Música da Paraíba: “Êxito total!”, enfatizou ela, fazendo ainda um convite para as próximas etapas: “Agora é a eliminatória no Parque Bodocongó, em Campina Grande, e a final em João Pessoa”.

A segunda eliminatória será no Parque Bodocongó, dia 20 deste mês, em Campina Grande (com show de Os Fulano), com outras 12 músicas. A grande final acontecerá em João Pessoa, dia 27, no Teatro de Arena da Fundação Espaço Cultural (com show de Chico César), reunindo seis classificados na eliminatória de Sousa e outros seis classificados na eliminatória de Campina Grande.

O evento realizado pelo Governo do Estado (através da Rádio Tabajara, Secult e Funesc) pagará R$ 20 mil em premiações aos vencedores. A premiação para o primeiro colocado no festival é de R$ 10 mil. Também serão premiados o segundo e terceiro lugares, bem como o melhor intérprete. A primeira edição do festival homenageia a tocadora de pífano Zabé da Loca, que faleceu aos 93 anos de idade, no dia 5 de agosto do ano passado.

Músicas selecionadas para a final:

‘Capitu’, de Tom Drummond

‘Imprópria’, de Chico Limeira

‘Até quando o sertão virar mar’, de Marcos Vinicius

Santo de casa’, de Adeildo Vieira

‘Tanto’, de Wister

‘Paraíba Mood’, de Levi Nascimento

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

Tags:
EMPODERAMENTO

VÍDEO: Associação dos Ciclistas de Cajazeiras promove neste final de semana pedal dedicado às mulheres

OUTRO LADO

Secretário de saúde diz que verbas federais serão mantidas e que o SAMU de Cajazeiras não vai fechar

PRECONCEITO

EM CAJAZEIRAS: Gari revela que as pessoas negam água e restaurantes proíbem entrada para comprar marmita

ABANDONADO

VÍDEO: Após saber da morte da mãe, homem passa fome nas ruas de Cajazeiras e faz apelo emocionante para voltar pra casa