header top bar

section content

90 anos da passagem da Coluna Prestes por Piancó é celebrado com exposição. ASSISTA!

O evento reuniu vários intelectuais paraibanos, entre escritores, historiadores, membros da imprensa, políticos e gestores culturais

Por

07/12/2015 às 18h14

A Associação Paraibana de Imprensa (API) realizou na última sexta-feira (04) um evento especial em homenagem à histórica passagem da Coluna Prestes pelo município de Piancó, localizado no Vale do Piancó, sertão paraibano. No evento foram exibidos vídeos sobre os 90 anos da Coluna Prestes no Brasil e foi aberta uma exposição que ficará em exibição até o próximo dia 11.

O gaúcho Luís Carlos Prestes foi um dos principais representantes do comunismo no Brasil e por isso foi perseguido e acabou sendo exilado em 1927, durante o governo de Arthur Bernardes.

A Coluna Prestes percorreu 25.000 km por todo o Brasil, de norte a sul, e foi em Piancó onde, segundo historiadores, o grupo teria sofrido seu primeiro embate. Essa passagem é uma das mais marcantes na história do município e da Paraíba.

O evento reuniu vários intelectuais paraibanos, entre escritores, historiadores, membros da imprensa, políticos e gestores culturais.

O presidente da API, João Pinto, ressaltou que a ideia é atrair estudantes da região para apreciar a exposição e conhecer a história da Coluna Prestes. Ao sair de Piancó, ela vai percorrer outras cidades do estado, entre elas estão Sousa, Cajazeiras, Patos e Campina Grande.

O veterano escritor Eilzo Matos acredita que a exposição marca o início de um projeto turístico, cultural e educacional bem maior na cidade. "Eu fiquei muito satisfeito de ver Piancó com pessoas tão representatvas participando do renascimento cultural da sua cidade, do seu povo. Estou feliz por ver a cidade se reunir para discutir e equacionar este episódio histórico e trágico num grande projeto", disse.

O historiador Francisco Jó, que está à frente desse projeto de expansão histórica de Piancó, propôs a construção de um monumento em memória do episódio e fazer disso uma ponte para o crescimento econômico da cidade e da região. "Eu quero ressignificar o ideal da Coluna num projeto de geração de renda, principalmente para a redução das desigualdades sociais no sertão paraibano e quero contextualizar esse ideal com a realidade atual', pontuou.

O secretário de Cultura de Piancó, João Leite, destacou a preocupação da prefeitura com a valorização da cultura local. "Piancó hoje vive um momento ímpar com relação à cultura. Tem sido uma plataforma da gestão municipal investir nessa área, e a Coluna Prestes é, sem sombra de dúvidas, um dos feitos mais importantes dentro de nossa história cultural."

O vice-prefeito de Piancó, Edvaldo Caldas, endossou as palavras do secretário e garantiu que a prefeitura estará sempre à disposição para contribuir com projetos dessa natureza. "Nós estamos restabelecendo a história de Piancó. A prefeitura tem a obrigação de contribuir no sentido de que essa história seja realmente resgatada e que ela se mantenha viva no coração dos piancoenses", completou.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

Tudo sobre as novas contratações e a preparação dos times para o Campeonato Paraibano 2018

PSICOLOGIA NO AR

VÍDEO: Psicólogos debatem comportamento do ‘stalker’ nas redes sociais e quando o amor se torna obsessão

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Batista Independente

MARIA CALADO NA TV

Com muita irreverência, banda Gata Dengosa estoura a audiência no programa Maria Calado na TV; ASSISTA!