header top bar

section content

Secretário de Cajazeiras nega fechamento de Secult e acusa artista de inadimplente: “Tentando nos derrubar”

Aguinaldo alegou que a Secult não estava fechada, somente sua sala não estava aberta.

Por

25/02/2015 às 17h32

Secretário de Cultura, Aguinaldo Cardoso

O secretário de Cultura da Prefeitura de Cajazeiras, Aguinaldo Cardoso, respondeu nesta quarta-feira (25) uma denúncia com relação ao fechamento da pasta que comanda na atual gestão. Aguinaldo disse não ter ficado surpreso com a acusação e afirmou que isso é típico do temperamento de Joel Santana, autor da denúncia.

Aguinaldo alegou que a Secult não estava fechada, somente sua sala não estava aberta. “Eu já sabia que ele havia ido até a Secretaria para entregar um projeto e se revoltado por ver minha sala fechada. Porém, tinha uma pessoa de confiança a quem ele podia ter entregado o tal projeto. Não sei qual o problema daquele rapaz”, disse. 

O secretário disse ainda que o artista Joel Santana está inadimplente com o Fuminc e que, por alguma razão, ele vem tentando derrubar o trabalho da Secult. "Ele é o único artista que vem batendo na Secretaria de Cultura. Todos os outros estão vendo que nosso objetivo é de unir a classe artística da cidade, independente de partido”, frisou.

Entenda – Nesta quarta-feira (25) o artista Joel Santana disse que esteve três vezes na Secretaria de Cultura de Cajazeiras e em nenhuma delas, o recinto estava aberto.

Assista parte da entrevista do secretário de Cultura no Rádio Verdade da Arapuan FM

DIÁRIO DO SERTÃO  

Tags:
PSICOLOGIA NO AR

PERIGO: Médico neurologista faz importante alerta para quem usa remédios tarja preta para dormir

OPINIÃO CONTUNDENTE

EM DECADÊNCIA?: Ex-radialista compara as rádios de Cajazeiras a ‘relacionamento que perdeu o sabor’

QUER APROVAÇÃO?

ENEM 2018: Cursinho inova em Cajazeiras com grande equipe de professores e dinâmica moderna de ensino

PARA A ETERNIDADE

VÍDEO: Programação de 70 anos do Atlético começa com exposição histórica que promete encantar Cajazeiras