header top bar

section content

Alunos de escola estadual de Cajazeiras têm aulas de meditação e equilíbrio emocional

O objetivo é fazer com que os alunos tenham melhor desempenho e estreitem a relação entre a escola e a comunidade.

Por Luzia de Sousa

26/07/2016 às 13h46

Alunos da cidade de Cajazeiras (Foto: Assessoria)

Cerca de 30 alunos da Escola Estadual Desembargador Boto de Menezes, em Cajazeiras, participam das aulas de equilíbrio emocional e meditação. A iniciativa, desenvolvida por uma professora do 5º ano, é colocada em prática há cerca de cinco anos. O objetivo é fazer com que os estudantes tenham melhor desempenho, em sala, e estreitem a relação entre a escola e a comunidade.

De acordo com a idealizadora do projeto, a professora Cícera Freire, que ensina há 14 anos na escola, a ação começou a ser desenvolvida, depois que ela observou o comportamento dos alunos e percebeu que precisava de algo que mantivesse a concentração deles direcionada ao aprendizado, por mais tempo. “Eu vi que precisava inovar e criar alguma coisa que pudesse chamar a atenção dos alunos em sala e passei a trabalhar a inteligência emocional”, explicou.

A professora ressalta que a estratégia ultrapassa as dependências da escola, já que os jovens chegam em casa e acabam refletindo outro comportamento, chegam mais calmos e dedicados ao bom convívio social. “Recebo vários relatos de familiares que registram um comportamento diferente dos alunos depois que passam pelas aulas de equilíbrio emocional”, enfatizou.

Liga pela Paz – As aulas de meditação e equilíbrio emocional, realizadas pela professora Cícera Freire, foram reforçadas com a metodologia Liga pela Paz, que começou a ser aplicada em 2014, na rede estadual. A proposta da iniciativa é complementar as ações da professora de Cajazeiras, isto é, implantar uma cultura de paz e não violência nas escolas, bem como contribuir para melhoria da aprendizagem e da convivência dos alunos.

A Liga pela Paz já conseguiu reduzir em 34% os comportamentos problemáticos na sala de aula, como: agressividade destrutiva, hiperatividade e tristeza/depressão. Este ano, além dos alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I, a metodologia se estende aos estudantes do 6º e 7º anos do Ensino Fundamental II, com conteúdo teórico e atividades psicopedagógicas ministradas por professores de Artes.

Secom

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!