header top bar

section content

Efeito Temer: IFPB e UFCG perderão campi do Sertão; Desmembramento é realidade

Com isso, os campi de Patos, Sousa, Pombal e Cajazeiras deixarão de fazer parte da UFCG e terão orçamento próprio.

Por Luzia de Sousa

05/09/2016 às 08h37 • atualizado em 05/09/2016 às 08h45

UFCG será sede de provas para concurso e prefeitura

Depois de divulgada a implantação do Instituto Federal do Sertão da Paraíba (IFSPB), agora foi a vez da criação da Universidade Federal do Sertão da Paraíba (UFSPB), que terá o desmembramento da Universidade Federal de Campina Grande.

+ Criação do Instituto Federal do Sertão entra na meta do Governo Temer para 2017. VEJA!

Os desmembramentos fazem parte das Metas do Ministério da Educação para o triênio 2016-2019, que define iniciativas e objetivos a serem alcançados na gestão de Michel Temer.

A medida já foi publicada no Diário Oficial da União. Com isso, os campi de Patos, Sousa, Pombal e Cajazeiras deixarão de fazer parte da UFCG e terão orçamento próprio.

A implantação da UFSPB terá início em 01/01/2017 e poderá se estender por dois anos. Foram destinados recursos da ordem de R$ 300 mil reais.

A notícia pegou de surpresa a comunidade acadêmica do campus de Cajazeiras e dividiu opiniões, uma vez que a Reitoria da UFSPB pode ficar sediada em Patos, apesar do campus local ter a melhor estrutura e o maior número de alunos.

Já para o Instituto Federal do Sertão da Paraíba o orçamento previsto é de R$ 150 milhões.

UFS

DIÁRIO DO SERTÃO

XEQUE-MATE

Xeque Mate recebe roteirista e atores do filme cearense e independente “Os Olhos de Alice” ; CONFIRA!

MENSAGEM DE ESPERANÇA

Programa Mensagem de Esperança com Sara Samita e Dimas Andriola

RESUMÃO DA RODADA

Diário Esportivo lista principais acontecimentos da oitava rodada do Campeonato Paraibano

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa Em continência ao Senhor Jesus recebe o pastor Ismar e a cantora Rafaela Amaro; CONFIRA!